Fisioterapia do “choquinho” – Como funciona?

A fisioterapia do “choquinho” é o famoso recurso de eletroterapia utilizado como tratamento nas clínicas de fisioterapia. Já ouvi ínúmeras vezes de pacientes, amigos e familiares que “fisioterapia não resolve nada”, “fico tomando aquele ‘choquinho’ por um tempão e não adianta nada”. De fato. O TENS, é o aparelho que produz esse choquinho. Ele tem por finalidade a analgesia, porém, sua aplicação deve ser por tempo não menor que 40 minutos, pois sua fisiologia de atuação baseia-se na estimulação elétrica dos nervos, liberando opióides endógenos, que são substâncias endógenas com poder analgésico, como por exemplo a endorfina. A efetividade do TENS no alívio da dor tem sido bem apoiada por um grande número de estudos e experimentos clínicos (veja Thorsteinsson, 1983 e Fahrer, 1991). Contudo, há um número substancial de estudos que não mostraram benefícios com a aplicação do TENS. A literatura sugere que, a medida que o número de experimentos interpretados como “eficazes” domina levemente sobre os estudos “não comprovados” e “não eficazes”, o TENS deve ser considerado um auxílio analgésico adjunto. Isso mesmo. Ele deve ser apenas uma parte do tratamento, e não o tratamento. E digo mais, na minha opinião profissional, uma parte bem pequena do tratamento.
Em geral, ao tratar dor aguda e certos tipos de dor neurogênica, os resultados parecem ser melhores do que aqueles obtidos no tratamento da dor crônica. Porém, independente do tipo de dor ou patologia, deve-se ter em mente que ele é apenas um recurso que, apesar de utilizado em larga escala, não faz milagres. Na maioria dos casos, sua aplicação é por tempo inferior a 40 minutos e, muitas vezes não há complemento na sessão, como exercícios ou terapia manual.
A duração do alívio da dor devido ao uso do TENS é muito variável. Um estudo (Thorsteinsson et al., 1977) relatou uma média de 4-7 horas, mas não está claro por que a dor deveria ser aliviada por períodos assim tão longos devido ao próprio mecanismo fisiológico envolvido. Um estudo subsequente (Johnson et al., 1991) relatou que a analgesia durava menos de 30 minutos em cerca de metade dos pacientes e cerca de uma hora em outros 30%. Esse estudo, particularmente valioso, de um grande número de pessoas que utilizam TENS a longo prazo, mostrou que quase metade (47%) teve a dor reduzida em mais da metade como resultado desse tratamento. É interessante observar que alguns dos pacientes que não obtiveram alívio da dor continuaram a usar o TENS, aparentemente porque ele proporcionava distração da dor, demonstrando que o TENS pode fazer mais do que aliviá-la. Um estudo adicional feito pelos mesmos autores descobriu que os pacientes usavam consistentemente frequências de pulso e padrões particulares para controlar sua dor. Apesar de esses parâmetros variarem largamente entre os indivíduos, parece não haver relação entre eles e a causa ou local da dor.

Veja também:

atendimento individualizado Fisioterapia: exija o atendimento individualizado

About these ads
Esse post foi publicado em Curiosidades, Reabilitação e marcado , , . Guardar link permanente.

213 respostas para Fisioterapia do “choquinho” – Como funciona?

  1. Drica Neves disse:

    Não sou da área médica, mas a explicação fez muito sentido pra mim.
    O blog já tá nos meus favoritos!!!!
    Bjus.

  2. Marquinhos disse:

    tá explicado pq q a fisioterapia q eu fiz naum adiantou. valeu pela dica dra.

  3. Julianne disse:

    Oi Virgínia, sou estagiária de fisioterapia, estou no 3º ano.
    Fuço tudo na net, e o seu blog foi o mais legal sobre a área que eu achei.
    Beijo,
    Juli.

  4. Pingback: Os números de 2010 | Dra. Virgínia Helena – Fisioterapeuta e Personal Trainer

  5. Marcelo disse:

    Dra. Virgínia,
    Se o “choquinho” traz apenas um alívio temporário, o que você me diz sobre os alongamentos? São mais eficazes no tratamento de uma hérnia de disco ou não?

    Desde já, obrigado
    Marcelo

    • Olá Marcelo,
      Vamos lá, o TENS age como um analgésico apenas, não como “instrumento reabilitador”, digamos assim. Às vezes é vantajoso fazer analgesia primeiro, e trabalhar a musculatura na sequência, sem dor; trabalhar alongamentos por exemplo. Quanto à hérnia de disco especificamente, há uma série de exercícios combinando alongamento e força, excêntricos, que trabalha as estruturas da região da hérnia. Só de você pegar o atlas, por exemplo e olhar a musculatura adjacente da região em que a hérnia está localizada, já vem à mente uma série de movimentos que podemos fazer, combinados, para trabalhar a musculatura específica.
      Consegui explicar?

      Obrigada por escrever!
      Abraços,
      Dra. Vírginia Helena.

  6. Carlos moro disse:

    Olá Dra., muito legal seu blog viu !!
    Tenho uma tendinite isquiática e estou fazendo choquinho, ondas e alguns exercicios com bola e alongamento, haveria outras maneiras de tratá-la, pq nao estou vendo melhora do incômodo que tenho ao sentar, obrigado !

    • Olá Carlos!

      Primeiramente, obrigada pelo elogio.

      Então, os recursos que está utilizando em seu tratamento estão corretos, mas o ponto é, como estão sendo utilizados? o “choquinho”, denominado TENS, é apenas para tirar a dor, pois tem ação analgésica. O Ondas curtas é um calor profundo, e deve-se analisar qual a posição está sendo usado, se na coluna ou na parte irradiada. Deve-se antes de tudo saber o motivo de sua dor isquiática. É por compressão de raiz nervosa na coluna, no glúteo? Me diga isso depois. Quanto aos alongamentos, tb, deve-se analisar qual estrutura está sendo alongada, para saber se estão usando os músculos certos. eu posso te ajudar, mas preciso de mais informações sobre o seu caso. Pode me mandar um e-mail se preferir, e então conversamos mais detalhadamente.

      fisioterapiapersonalizada@gmail.com

      Abraços,
      Dra.Virgínia Helena.

  7. Rosi disse:

    Ola Drª, Virgínia, há 3 meses atrás passei por uma cirurgia de Artrodese da coluna lombar e agora comecei a fisioterapia do choquinho, será ela o mais indicado no meu caso, devo complementar com mais alguma coisa?

    • Olá Rosi!
      Sem dúvida você deve complementar com exercícios. Além de já ter se passado 3 meses após a cirurgia e a musculatura estar atrofiando, o TENS (aparelho do choquinho) serve apenas para aliviar a dor, e não para reabilitar. É muito comum em clínicas que atendem convênio, traçarem o tratamento apenas com o TENS e com algum calor e tudo isso durar menos de 1 hora. Além do fato de muitas vezes prescreverem apenas 10 sessões. É sabido que o TENS só libera os analgésicos produzidos pelo corpo após 40 minutos de uso, o que também é bem incomum nas clínicas, que utilizam o aparelho em média por 20 minutos.
      Estou à disposição para maiores esclarecimentos.
      Abraços,
      Dra. Virgínia Helena.

  8. Rosi disse:

    Ola Drª, é exatamente isso que está acontecendo, na clínica faço o TENS 3 vezes por semana e por menos de 20 minutos, estou ainda no início do tratamento e ainda não vi melhora nenhuma. Perguntei ao “fisioterapeuta” o que poderia ser feito paralelamente para acelerar o tratamento, ele disse que acupuntura (tb na clínica) ajudaria. Lamentavelmente não conheço nenhum profisional aqui em Niterói/RJ, onde moro que pudesse me ajudar. Agradeço pela atenção. Um abraço

    • Olá Rosi!
      Faremos o seguinte: conheço alguns profissionais aí no RJ, e vou entrar em contato com eles para ver se consigo agendar algo com você. A acupuntura realmente pode ajudar, mas lembre-se que o seu problema é mecânico, e para tratá-lo é imprescindível a realização de exercícios como parte de sua reabilitação. Fazer o TENS por menos de 40 minutos não resolverá em nada, sugiro até que interrompa seu tratamento, pois lhe garanto que não verá eficácia com menos de 20 minutos. Tentarei entrar em contato novamente até o início da semana que vem para ver o que consegui, ok?!

      Abraços,
      Dra. Virgínia Helena.

      • Fernando disse:

        Olá Dra. Virgínia Helena. Gostei bastante de seus esclarecimentos.

        Como o paciente deve fazer para denunciar maus profissionais que aplicam menos de
        40 minutos de TENS?

        Os fisioterapeutas de convenio não usam crachá com nome completo e crefito.

        A clínica não expõe um cartaz com os nomes de seus fisioterapeutas e crefitos.

        Desde já agradeço pela resposta.

        • Olá Fernando,
          Você pode exigir seus nomes e números de registro no CREFITO. Você pode ligar para a ouvidoria do CREFITO e denunciar tanto a clínica quanto os profissionais que estão prestando esse serviço. Um não funciona sem o outro. Então o CREFITO fará a vistoria e tomará as atitudes cabíveis.

          Abraços,
          Dra.Virgínia Helena.

  9. Rosi disse:

    Obrigada Drª Virgínia, aguardarei contato. Abraços

  10. Rosi disse:

    Dra Virgínia, agradeço pela antenção e fico no aguardo. Abraços

  11. Rosi disse:

    Olá Drª Virgínia, mais uma vez obrigada. Vou entrar em contato com ele e depois postarei. Abraços

  12. Edna Dias da Silva Oliveira disse:

    Bom dia Dra. Virgínia, tenho 49 anos e há 02 anos descobri que tenho mielopatia espondilótica cervical! Eu tinha 03 hérnias na região cervical e minha medula espinhal estava sendo comprimida, causando dores terríveis no pescoço e eu estava perdendo os movimentos das pernas! Faz 01 ano que fui submetida à descompressão medular com artrodese via anterior em 03 níveis com colocação de placa, enxerto ósseo, 08 parafusos de titânio…Após a cirurgia, voltei a andar, nas fiquei com dores crônicas e algumas limitações nos movimentos como fraqueza para andar, vertigens, falta de equilíbrio e uma dor crônica do lado esquerdo: pescoço, braço, trapézio, enfim, meu lado esquerdo sempre muito dolorido, inclusive a perna esquerda, pois também tenho problemas como hérnias na coluna lombar! A fisiatra me recomendou, além de várias medicações, fisioterapia analgésica, que imagino, incluem o uso do TENS…Espero que isso possa me ajudar no controle das dores, e pergunto o que a Sra acha dessa alternativa? O que mais a fisioterapia analgésica gera de benefícios? No mais, lhe agradeço pela atenção e fico no aguardo de uma resposta, se for possível com certa urgência, grata….

  13. Helanio disse:

    Ola Dra Virginia.
    Eu tive uma avc malformation a 4 meses atraz, tive meu braco, perna e pe direitos paralizados.
    mas depois de 3 meses internado em um hospital em Boston- USA , onde eu moro hoje, eu me recuperei rapido, o braco , mao , mas a perna esta ainda um pouco pesada e os dedos do pe , parecem dormentes ainda, estou fazendo fisioterapia 2 vezes na semana, mas esta demorando muito a voltar os movimentos do meu pe direito. Comprei ate’ uma tens, eletrodos, choquinhos, para estimular os nervos. Por favor, me ajude, o que eu posso fazer para me recuperar mais rapido??? qual o exercício certo e onde seria a parte certa da perna ou pé para eu por esses choques?? Sei que deveria perguntar o fisioterapeuta aqui, mas gostaria muito de ouvir a opniao de um Brasileiro/a tbm. A fisioterapia parece nao estar adiantando muito.
    Muito obrigado por sua atenção e parabéns pelo seu belo trabalho.

    • Olá Helanio!
      Primeiramente, obrigada!
      Então, o TENS é uma técnica de analgesia. Com ele, você consegue diminuir as dores, mas não tratar o problema. O tipo de estimulação de nervos que você está mencionando se refere ao FES (funcional electric stimulation), que serve para fortalecer a musculatura de forma passiva, bem como controlar o tônus (condição presente de forma alterada no AVC). O FES é extremamente indicado para os casos de espasticidade e diminuição ou aumento do tônus. Veja se o aparelho que você comprou possui as duas opções (TENS/FES).
      A fisioterapia neurofuncional é lenta e gradual, e podemos notar a melhora na execução de tarefas do dia-a-dia, como conseguir realizar a higiene pessoal, alimentação, vestuário e até realizar tarefas mais complexas, como dirigir ou cozinhar.
      Não posso opinar na qualidade do serviço que está sendo prestado a você, mas acho que você está certo em questionar, para realmente explorar o máximo das técnicas que são oferecidas. Talvez, 2x/semana seja pouco para o seu caso. Você pode tentar mexer na frequência das atividades.
      Espero ter ajudado. Saiba que estou à disposição para qualquer dúvida.

      Abraços,
      Dra.Virgínia Helena.

  14. Edna Dias da Silva Oliveira disse:

    Boa tarde Dra Virgínia, hoje foi o primeiro dia que fiz uso do TENS…seguido de outros tipos de exercícios…Só estou na segunda sessão de fisioterapia, mas notei um certo relaxamento nos músculos e nervos doloridos! Eu só havia feito a fisio domiciliar nos 05 primeiros meses de pós operatório de artrodese cervical em 03 níveis…e só agora consegui pelo convênio, retomar a fisio. Difícil dizer ainda se o uso do TENS vai ajudar, mas tive uma sensação boa, mesmo tocando nos músculos bem tensos e doloridos…Espero mesmo que possa ajudar, pois já sofri muito com dores crônicas…Gostaria que a Sra. me dissesse qual atividade física seria mais proveitosa no meu caso, porque a fisiatra me deu uma lista das atividades que posso fazer, mas ainda não optei por nenhuma( natação, caminhada, hidroginástica,pilates,yoga,etc…).No mais, agradeço por sua atenção e fico no aguardo de uma resposta,grata….

    • Olá Edna!
      O TENS é uma técnica de analgesia, e certamente aliviará as dores. Mas não é um tratamento de fisioterapia, e sim uma técnica que deve ser complementar ao tratamento. Pelo fato dele ter um efeito analgésico, vai apenas tirar os sintomas da dor, e não realmente tratar o problema. Sem dúvidas você deve realizar uma atividade complementar e, para isso, será necessária a realização de uma avaliação funcional para a escolha das técnicas e conduta a ser traçada. Você é de SP? Caso seja, me coloco à disposição desde já para fazermos essa avaliação. Sem a avaliação e interpretação dos laudos e exames referentes à sua condição atual e também sobre a cirurgia, é muito difícil definir uma prescrição de exercícios personalizada para você.
      Obrigada por participar do blog.

      Abraços,
      Dra.Virgínia Helena.

      • eder jacob disse:

        ola dra virginia , fiz tratamento durante 2 meses ai comprei o aparelho de tens para tratar de uma dor no ombro fiz utrassom e nao consta lesao mas cintia uma dor o fisioterapeuta me disse que talvez a lesao ja cicatrizou de uma forma nao correta ai pode causar a dor gostaria de saber qtas vezes ao dia poderia usar o tens 1 ou mais veses, obrigado, se puder mandar a resposta por mail agradeco.

        • Segue resposta por e-mail.

          • Helanio disse:

            Dra virgina,,, boa noite..
            Eu comprei o aparelhinho de chock, o ” FES “, estou gostando dele, porem eu gostaria de tirar uma duvida. Eu posso colocar ele na sola do pé direito?? pq os meus dedos do pé, tenho a sensação que estão adormecidos ou com câimbra ai queria colocar um pad pertinho dos dedos e outro no calcanhar, sendo ambos na sola do pé. Eu posso ou corro algum risco de um AVM novamente??
            Ate o momento só coloco ele na canela e no lado interno da coxa..
            Existe alguma parte do corpo que eu não devo colocar os pads em hipotese alguma??
            Desde já lhe agradeço imensamente pela ajuda.

            Obrigado, tenha uma excelente noite
            Helanio
            helaniousa@hotmail.com

            • Olá Helanio,
              Realmente não consigo responder sua pergunta, pois seria necessária a avaliação do local a ser colocado os eletrodos. Já te adianto que não será o FES que ajudará na dormência dos dedos. Geralmente, o eletrodo é colocado na região do peito do pé, justamente para alcançar os tendões extensores dos dedos, que comumente estão fracos no AVE pela tipicidade da lesão. Não se preocupe com uma recidiva de lesão por uso do FES, mas o que acontecerá é que você talvez não utilize todo o potencial do aparelho devido ao uso no posicionamento errado.
              Espero ter ajudado!

              Abraços,
              Dra.Virgínia Helena.

  15. Diogo alves da silva disse:

    olá Dra. Virgínia meu nome e Diogo

    eu tenho apenas 19 anos pois sofri um grande estiramento na virilha já faz quase
    4 meses pois sou atleta profissional e nao posso ta parado estou sem clube por causa
    dessa lesao foi uma lesao treinando depois um mes e meio fui submetido ao tratamento
    que me endicarao pois to fazendo o tens eo infravemelhor eo utrasom pois mal terminei o
    otratamento voutei a jogar pois a lesao voltou na virilha estou fazendo o tratamento de novo
    a senhora poderia me dizer quanto tempo passa para se cura de um estiramento grau 3 fazendo
    todo esse tratamento brigadú Dra virginia muito bom seu blog…

  16. Ricarda disse:

    Olá Dra. Virgínia,
    Em novembro de 2011, após ter me submetido a uma ressonância magnética da coluna cervical, obtive o seguinte diagnóstico: “Transição crânio-vertebral sem anormalidade. Osteofitos anteriores de C4 a C7. Protusões disco-osteofitárias póstero-medianas de base larga de C4-C5 a C6-C7 com componente discal proeminente em C5-C6, comprimindo a face ventral do saco dural e fazendo contato com a medula espinhal. Uncoartrose bilateral em C4-C5 e C6-C7 e à direita em C5-C6, reduzindo a amplitude dos forames neurais. Espaço liquórico preservado. Medula espinhal de calibre e intensidade de sinal normais”.
    Procurei um médico em função de já há alguns meses estar sentindo um incômodo no lado externo do braço esquerdo (do ombro à mão), por vezes “agravado” com formigamento, apesar de não poder classificar o incômodo como “dor”. O médico foi categórico em indicar que o tratamento seria cirúrgico, com substituição de pelo menos dois dos discos afetados da cervical. Com medo do que poderia representar uma cirurgia como essa, pedi que o doutor me indicasse um tratamento alternativo, para que pelo menos pudesse adiar a necessidade de uma cirurgia, já que o “problema” em nada tem afetado minha rotina. A partir de janeiro de 2012 fiz 20 seções de fisioterapia (3 por semana), que consistiu em manipulação da musculatura da cervical, e senti uma redução significativa dos sintomas, sendo que na maior parte do tempo do meu dia a dia nem lembrava que o problema existia. Ocorre que no início de março não consegui mais adequar meus horários de trabalho com os horários disponíveis na clínica em que estava e ontem (30/03) reiniciei o tratamento em outra clínica. A primeira seção nesta nova clínica foi justamente com choquinho, apesar de meus sintomas não serem de dor (e isto foi relatado ao fisioterapeuta). Como não conhecia este tipo de terapia, resolvi pesquisar na internet, pois, por incrível que pareça, ontem e hoje passei a sentir um dolorido na região que recebeu os choquinhos, como se eu tivesse recebido uma surra ou realizado uma atividade física extenuante. Como, apesar desse diagnóstico, nunca havia sentido a chamada “dor nas costas”, fiquei muito preocupada quanto à adequação desse procedimento em relação ao meu problema e gostaria de sua opinião sobre o assunto. Mas quero lhe adiantar que, na próxima seção, eu já vou relatar o fato e questionar o procedimento ao fisioterapeuta.
    Desde já obrigada pela atenção e perdoe o longo relato…
    Att,
    Ricarda

    • Olá Ricarda,
      Realmente o procedimento não está correto. Como você já sabe, o TENS (choquinho) é um analgésico e, uma vez que você não sente dor, sua aplicação é inútil. A sensação dolorosa que permaneceu após as sessões foi por agressão à fibra muscular mesmo, pois você recebeu uma eletroestimulação no músculo sem necessidade. Acredito que a conduta atual não está correta, e você está certa em questionar sim, pois na fisioterapia, se algo é aplicado incorretamente, não somente não ajuda em nada, como também pode piorar o quadro do paciente, como agravamento dos sintomas e aceleração da lesão. Você é de SP? Caso seja, me coloco à disposição desde já para marcarmos uma avaliação para que eu possa analisar seu caso de forma mais criteriosa. Meus atendimentos são particulares e de forma personalizada, na casa do paciente, adaptando o tratamento de acordo com sua rotina, sem precisar se deslocar à uma clínica.
      Mantenha contato!

      Obrigada por participar do blog.

      Abraços,
      Dra.Virgínia Helena.

      • Ricarda disse:

        Olá Dra. Virgínia, obrigada por me responder tão rapidamente. Não moro em São Paulo, mas sim em Niterói-RJ. Já retomei a fisioterapia e modificaram o procedimento, sem maiores explicações quanto ao que relatei ter me acontecido após receber os choquinhos. Por enquanto vou continuar o tratamento e aguardar os resultados, mas a minha tendência é, talvez, tentar voltar para a outra clínica, na qual obtive bons resultados.
        Gostaria, se possível, que a doutora me desse uma outra opinião. De acordo com o que informei na mensagem anterior sobre o meu diagnóstico, a senhora acha que meu caso é mesmo de cirurgia, e que o tratamento fisioterápico apenas estaria adiando este procedimento? Ou posso ter esperanças em não precisar fazer a cirurgia, já que, pelo menos por enquanto, os sintomas não interferem na minha rotina? Ou seja, meu quadro pode se tornar estável e administrável?
        Mais uma vez obrigada pela atenção!
        Abs,
        Ricarda

        • Olá Ricarda,
          Que bom que está dando certa.
          Sinceramente, não posso dar uma opinião taxativa sem olhar os exames e fazer uma avaliação funcional em você. Infelizmente não poderei te ajudar, mas vamos mantendo contato, pois estou à disposição para qualquer dúvida!!

          Abraços,
          Dra.Virgínia Helena.

  17. roberto herdaina´s disse:

    Olá

    Tenho hérnia de disco na lombar….o tens resolverá meu problema?

    Grato

    roberto Herdaina´s

  18. roberto herdaina´s disse:

    Oi….

    Não tem como me passar por email algum tipo de alongamento para o meu caso?

    Agradeço

    Roberto Herdaina´s

    • Sinto muito Roberto, mas para prescrever qualquer tipo de exercício ou conduta, é necessária a realização de uma avaliação funcional.

      Atenciosamente,
      Dra.Virgínia Helena.

  19. PRISCILA F N JUSTI disse:

    Olá Drª Virgínia, gostei muito das suas explicações acima, se possível, por favor, me tire algumas dúvidas….Tenho tendinite no ombro, iniciei sessões de fisioterapia e 1 vez por semana estou fazendo acupuntura. Logo na primeira sessão de fisio, fiz aquele famoso “choquinho”, senti que a intensidade estava muito forte, até falei na hora, mas a fisioterapeuta disse que era assim mesmo. Acontece que meu fiquei com a área super dolorida há dias, dor que antes não estava sentindo. Devo continuar fazendo esses choquinhos, mesmo que a intensidade seja mais fraca? Obrigada e que Deus a abençoe!

    • Olá Priscila!
      Primeiramente, obrigada por participar do blog!
      Então, como você deve ter visto, o uso do TENS é apenas para analgesia, ou seja tirar o sintoma da dor. Não é um tratamento. A intensidade deve ser respeitada de acordo com a percepção subjetiva do paciente, ou seja, se você mencionar que está forte, o fisioterapeuta deve diminuir a intensidade. A dor que você sentiu no local, certamente foi por uma agressão causada pela frequência dos choques.
      A acupuntura é um ótimo recurso sim, mas se você puder evitar as sessões de TENS e procurar um fisioterapeuta especialista em ortopedia, talvez o custo valha o benefício de você se reabilitar sem sequelas e em um período de tempo menor.
      Você é de SP? Se for, estou à disposição para fazermos uma avaliação mais detalhada.

      Espero ter ajudado!

      Abraços,
      Dra.Virgínia Helena.

  20. FÁBIO disse:

    Boa Tarde Dra Virgínia.
    Tenho Hérnia de Disco (L5-S1), a 30 dias atrás, após uma pequena crise, iniciei um tratamento: fiz 20 sessões de fisioterapia ( TENS, Ondas Curtas e alongamentos), 03 sessões de Osteopatia e 03 sessões de acumpuntura, além das medicações passadas pelo meu Neurocirurgião (06 injeções de Dexalgem seguidas e o Lyrica uma vez por dia), também faço alongamentos em casa ao acordar, durante a tarde e antes de dormir. Após esses 30 dias notei grande melhora, mas ainda continuo sentido um pouco de dor na extremidade da perna direita, trajeto do nervo ciático e queimação na região lombar ao deitar de barriga para cima e ao me manter sentado.
    Voltei ao médico para nova consulta e ele mandou eu continuar com o tratamento, agora substituindo algumas sessões de fisioterapia convencional por hidroterapia e RPG com reforço muscular, estou tomando agora a noite o Tandrilax, devido as dores ao dormir, estou partindo para o segundo mês de tratamento. Resolvi adquirir um TENS para fazer durante os finais de semana, pois noto que o meu quadro piora neste período devido a falta das atividades fisioterápicas.
    Pergunto?
    - O meu tratamento está sendo feito de forma correta?
    - Ao utilizar o TENS devo mantê-lo por 20 ou 40 min?
    - O tempo de recuperação é longo assim, pois já estou indo para o segundo mês, quantas semanas para recuperação total? (estimativa)
    - Minha fisioterapeuta pediu que eu ficasse sentado o menos tempo possível durante a recuperação, ela está correta?
    - Qual opinião da senhora sobre hidroterapia?
    - Notei que com o passar do tratamento minha dor deixou de ser espalhada e ficou mais centralizada na região lombar, isso é normal?
    - Eu vou ficar curado se continuar com esse tratamento descrito acima?
    Obrigado.

    • Olá Fábio!
      Vamos lá:
      Adquirir o TENS foi uma boa jogada, mas cuidado para não mascarar a dor, uma vez que seu uso é apenas para ANALGESIA, ou seja vai te livrar do sintoma da dor, mas não é um tratamento.
      Quanto ao tempo de uso por vez, você deve usar por no mínimo 40 minutos, pois é o tempo necessário para que a corrente elétrica chegue ao cérebro e a resposta seja a produção dos opióides endógenos (analgésicos que o próprio corpo produz). Mas tome cuidado e peça a orientação da sua fisioterapeuta sobre a frequência, modo e intensidade que irá utilizar, pois existem várias maneiras.
      Ficar sentado realmente não é uma boa, assim como ficar deitado. O importante é se manter em movimento. A postura sentada pressiona o trajeto do nervo ciático, comprimindo-o e acionando as terminações nervosas, mandando como resposta, a sensação de dor.
      Alongamento é uma técnica imprescindível para que você faça sozinho, em sua casa, como vem fazendo, mas de longe, não é o suficiente. Você deve fazer sempre.
      A fase inicial do seu tratamento, TENS + OC + alongamento, eu sou TOTALMENTE contra, pois como falei, o TENS apenas tira o sintoma da dor, não trata. O OC é um calor profundo, e não consigo ver nenhuma lógica em aplicar calor numa região que já possui uma inflamação (que por natureza, a inflamação aumenta a temperatura local), aumentando no caso essa inflamação. O alongamento não tem eficácia se não for associado a um treinamento de força, que, muitos se enganam, mas você não precisa sempre de carga para trabalhar força muscular ou manutenção da musculatura.
      O RPG pode ajudar sim, diminuindo a retificação do segmento lombar, e pode ajudar a interromper essa dor irradiada que você vem sentindo, mas friso que o treinamento de força deve ser realizado em paralelo.
      Tenho muita experiência em tratar hérnia de disco, e uma técnica magnífica que ajuda muito a trabalhar o fortalecimento da musculatura profunda da coluna é o Isostretching, uma técnica francesa desenvolvida pelo fisioterapeuta Bernard Redondo (procure mais à respeito). Não conheço muitas pessoas que trabalham com ela, mas te garanto que é muito efetiva.
      A hidroterapia é um bom recurso, pois você trabalhará sem impacto, mas exige uma logística que você pode substituir por exercícios de solo sem impacto também, fazendo com que sua reabilitação seja mais prática.
      O fato de você conseguir centralizar a dor é um bom indicativo, mostrando que as outras áreas não estão sendo mais afetadas pela hérnia, como num processo de compensação, sendo necessário utilizar estruturas adjacentes para suprir a função da estrutura lesionada.
      A hérnia de disco é uma protrusão do disco vertebral, podendo ter ou não extravazamento do núcleo pulposo, ou seja, o disco estourar e o líquido interno vazar. No caso do disco ser apenas abaulado, a hérnia é reversível com o conjunto de técnicas que mencionei acima (eu costumo utilizar muito mais técnicas, fazendo um mix dos melhores exercícios de cada e montando uma conduta personalizada para o caso), mas no caso do extravazamento do núcleo, pode-se ter a contenção, sem reversão, ou optar pela cirurgia, que irá retirar o disco e colocar um artificial no lugar.
      Minha opinião como profissional é que você está indo pelo caminho certo, mas já poderia estar melhor.
      Você é de São Paulo? Caso seja, me coloco à disposição para analisar seus exames mais minuciosamente e orientá-lo na sua reabilitação.

      Obrigada por participar do blog.

      Abraços,
      Dra.Virgínia Helena.

  21. FÁBIO disse:

    Dra Virgínia, muito obrigado pelo apoio.
    A descrição de minha ressonância diz o seguinte:
    - Leve hipertrofia degenerativa das articulações interapofisárias L4-L5 e L5-S1;
    - Leve redução da altura e desidratação discal em L5-S1;
    - Protusão discal focal póstero-central com ruptura de fibras do anel fibroso em L4-L5, comprimindo a face ventral do saco dural, sem evidências de conflitos radiculares.
    - Protusão discal focal póstero-central em L5-S1, sem evidências de conflitos raquiradiculares;
    - Demais discos intervertrebais com morfologia e intensidade de sinal normais, sem evidências de herniações ou abaulamentos significativos.
    Vou pesquisar a respeito do Isostretching?
    No primeiro mês de tratamento, minha fisioterapeuta particular fazia o ultrason local e desfazia alguns nódulos que surgiram na trajetória do Nervo Ciático, ao final da sessão fazíamos alguns exercícios de Pilates, a fim de fortalecer a musculatura, você acha isso correto? Fiquei preocupado, pois meu Osteopata falou que de maneira nenhuma eu poderia fazer exercícios no sentido da protusão discal.
    Espero que meu quadro melhore, pois meu Neuro não descartou a possibilidade de cirurgia, acho que não vou precisar, pois caminho normalmente durante o dia, mas sinto muitas dores durante a noite, por ficar muito tempo deitado. Durante o primeiro mês só conseguia dormir de lado com do travesseiro entre as pernas, agora já consigo dormir de barriga para baixo, com travesseiro erguendo o quadril. Trabalho muito tempo sentado, agora estou afastado, mas estou preocupado quando voltar, será que meu quadro vai piorar?
    Um grande abraço.

    • Concordo com o osteopata. Não devemos trabalhar a musculatura no sentido da protrusão discal, pois você exerce pressão sobre o disco que já está abaulado. Mas existem alguns exercícios específicos do Pilates que trabalha com a tração da musculatura paravertebral, podendo sim serem utilizados. Resta-nos saber se a fisioterapeuta utilizou os exercícios certos. Mas como você mencionou, houve melhora no quadro tanto da dor quanto da mobilidade.
      Vamos nos falando.

      Abraços.

  22. Silvia Valli disse:

    Boa noite, doutora.
    Meu problema é muscular. Sinto muita dor no pescoço e na nuca (músculo trapézio). Às vezes a dor sobe pela parte posterior da cabeça ou vai para os lados pegando o comecinho dos ombros. No meu local de trabalho há uma fisioterapeuta. Ela me examinou e disse que meus músculos estão endurecidos. Me ensinou uns alongamentos que no início funcionavam bem, mas agora nem tanto. Estou pensando em comprar um TENS. Ajudaria ? Seriam 40 minutos diários antes ou depois do alongamento ? Obrigada.

    • Olá Silvia,
      O TENS não é facilmente aplicável. Existem parâmetros a serem ajustados, como frequência de pulso, intensidade de corrente e modo de aplicação (interferencial, burst, pulsado etc), portanto, não sugiro que você compre o aparelho.
      Os alongamentos não são suficiente mesmo, pois o que você precisa não é flexibilidade no músculo, e sim equilíbrio da musculatura bem como consciência corporal da estrutura para saber prevenir a tensão e os espasmos, evitando as contraturas.
      O ideal seria você fazer um tratamento curto de fisioterapia, para aprender a trabalhar essa região, e então ficar por conta posteriormente, pois infelizmente a região do pescoço é uma região muito exposta à tensão muscular, por serem músculos antigravitacionais, dando apoio à cabeça.

      Você é de SP? Se sim, me coloco à disposição para fazermos uma avaliação mais minuciosa.

      Obrigada por participar do blog, e peço também para que participe da votação para o Prêmio Top Blog 2012. Segue o link!!
      http://www.topblog.com.br/2012/index.php?pg=busca&c_b=18127372

      Grande abraço!

  23. Olá Virgínia Helena, parabéns por seu blog! É o único que encontrei na internet em que todas as perguntas são respondidas.
    Bom, também tenho uma dúvida, e se possível, gostaria que me ajudasse, pois estou vivendo um problema que me incomoda muito.
    Há um ano começou a me dar uma leve dor na parte posterior da coxa, e isso se tornou uma tortura, pois as dores aumentaram e estão insuportáveis. Ela começa na região glútea, passa pela parte trás da coxa e vai até a parte de trás do joelho.
    Segundo o médico que analisou minha ressonância magnética, não estou com hérnia de disco, e sim com uma tendinite nas ligações ciáticas.
    Tenho feito fisioterapia de “choquinho”, fiz 10 sessões e as dores permanecem no mesmo estágio. Já tomei alguns anti-inflamatórios e tenho feito tudo que o médico e a fisioterapeuta me pedem, mas nada!
    Teria alguma indicação do que pode ser realmente e o que eu posso fazer?
    Obrigado, um abraço.

    • Olá Cleber!
      Obrigada!

      Então, como você deve ter lido nos outros comentários, é isso mesmo, o TENS (aparelho do choquinho) é apenas uma técnica de analgesia e não um tratamento. Vocês pacientes, deveriam denunciar no CREFITO essas clínicas que aplicam esse recurso como tratamento. É realmente absurdo.
      Mas vamos ao que interessa, rs.
      O nervo ciático (com a nomenclatura atualizada, isquiático), sai do segmento lombar da coluna vertebral, e irradia pela parte posterior da coxa. A dor referida precisa ser tratada na raiz, pois a dor irradiada nada mais é que o pinçamento do nervo. Pela localização que você mencionou (glúteo e coxa), o tratamento deve ser feito na coluna, e não na perna. Exercícios específicos para esse segmento são a saída. GARANTO a você que o tratamento é simples, mas exige dedicação, pois duraria em média 3 meses. Já tive muitos pacientes com a mesma queixa, muitos mesmo, e TODOS melhoraram. Não sei quais outras técnicas estão sendo utilizadas no seu tratamento, mas certamente não estão sendo efetivas, pois uma vez que atuamos diretamente na saída do nervo, a primeira coisa que some é a dor. A partir daí, é o trabalho de reequilíbrio muscular para que os mesmos façam a tração correta da biomecânica e o alinhamento vertebral, para que o nervo não seja pinçado novamente.
      Vou te fazer a mesma pergunta que faço a todos os leitores: Você é de SP? Caso seja, estou à disposição para analisar o seu caso de forma mais minuciosa.

      Mais uma vez, obrigada por participar do blog, e não deixe de participar da votação Prêmio Top Blog 2012!!!! O banner está na página inicial do blog!!

      Grande abraço,

  24. alex disse:

    ola tenho atendiniti como posso tratar

  25. alex disse:

    atentinite no joelho pra ser mais claro

  26. d4v1d121 disse:

    Fiquei desanimado, ia comprar uma máquina de tens, um amigo me disse que ele acelera o processo inflamatório e ajuda a recuperar mais rápido, estou com problema no cotovelo e ombro devido aos treinos de wheighlift. Para o ombro eu exercito o manguito rotador, o que posso fazer para o cotovelo ? O estranho que minha dor no cotovelo se dá quando eu “puxo” algo como no treinamento de bíceps e não quando empurro que é o caso do treinamento de tríceps onde a maioria das pessoas com problema no cotovelo reclama. Obrigado pela ajuda. David C.

    • Paula disse:

      Se vc acredita que vai te ajudar, compre. Pq ajuda muito vc acreditar no seu tratamento. Pode ser o melhor do mundo, se vc fizer ja achando que não fará efeito, não fará mesmo.

  27. Paula disse:

    Bom.. eu tive um edema gravissimo no quadril, que se espalhou pelos membros inferiores. NENHUM remédio fez efeito, fiquei um bom tempo sem andar.. e eu contava as horas para chegar o horário da fisioterapia, onde fazia a combinação de TENS, Ondas curtas e Gelo. Pelo fato de remédios não aliviar minha dor, o TENS ajudava e muito. Esse problema agora é crônico, e comprei um TENS, tenho ele em casa, pq sempre volta a dor, principalmente qndo o tempo esfria, e me ajuda demais.

  28. Boa noite Dra. Virginia, Tive um problema com joelho, lesão no minisco devido a prática de futebol e corrida de rua que pratico sempre, o médico receitou 20 sessões 10 + 10 de TENS (aparelho do choquinho) apesar que estão aplicando apenas 15 minutos, pelo os comentários parece que tem que ter um tempo maior, bom qual procedimento correto para este tipo de lesão? E qual o tempo ideal do TENS, se este for a caminho certo? Eles falam que se não resolver terei que fazer sirurgia, isto só vou fazer se for o último caso e se for o último recurso! Posso continuar correndo antes do término deste tratamento. muito obrigada desde já.

    • Olá Eduardo,
      A lesão do menisco é proveniente do excesso de atividades com impacto, logo, sugiro que você suspenda a corrida durante o tratamento. Definitivamente, o TENS não é o tratamento adequado para você. Claro que para maiores esclarecimentos sobre como tratar o seu joelho exige uma avaliação física mais minuciosa para que eu possa saber o que pode ser feito, mas como você deve ter lido no post, o TENS é apenas um recurso de analgesia, ou seja, para tirar a dor, e não tratar o problema. Se você estiver em SP, me coloco à disposição desde já para marcarmos uma avaliação.
      Abraços.

  29. claudia disse:

    DRa acordei com o meu braço caido tenho força nele nao doi estou fazendo fisioterapia sera que resolve

  30. Lais R. disse:

    Olá Dra,
    adorei seu blog e aqui encontrei respostas para muitas coisas! a uns 5 meses tive um estiramento no cruzado anterior do joelho! tenho feito tratamento de fisioterapia com o tens por SOMENTE 10 min mas não vejo resultado, já estou na 12 sessão de 20! Faço ondas curtas também, por 10 min! e dois alongamentos somente! Você acha que isso não é eficiente?? o que vc recomenda para acelerar o processo? Sou praticante de exercícios físico e não consigo ficar sem! aguardo sua resposta ansiosamente!!! Obrigada pela ajuda!

    • Olá Lais, obrigada por visitar o blog!
      Realmente a fisioterapia não está correta. Você deve ter lido os outros comentários e visto que, acima de tudo, a fisioterapia não é uma receita de bolo que podemos mensurar em 10 ou 20 sessões, utilizando os mesmos recursos durante todo o tempo. O joelho precisa de movimento. É um complexo de tendões e ligamentos que faz a ponte entre perna e coxa. Fazer reabilitação dessa estrutura sem praticamente movimentação específica é quase uma agressão a quem estudou de verdade, rs. Sabe, vou fazer um desabafo com você, mas está ficando difícil para mim responder perguntas como a sua, pois percebo que os pacientes são enganados por seus convênios e pelos fisioterapeutas que os atendem, pois para que estudou fisioterapia é bem óbvio que esta conduta do TENS + OC é bem ultrapassada e não são de longe os melhores recursos. É anti-ético não usar tudo o que se está à disposição para fazer o paciente melhorar.
      Me coloco à disposição para te avaliar e traçarmos um programa correto de reabilitação.
      Grande abraço,
      Dra.Virgínia Helena.

      • Lais disse:

        Olá Dra,
        Muito obrigada por responder e pelas dicas! mudei de fisioterapia, faço as mesmas coisas porém por mais tempo e mais alongamentos! Vi uma melhora, mas a dor ainda nao passou 100% pra que eu possa voltar a atividade fisica! gostaria muito de passar por uma avaliaçao com você!
        Você atende em sp??? é em clinica? se for acessivél para mim, entro em contato com vc o mais rapido possivel! Muito obrigada pela atençao e por tentar ajudar!
        beijos, Lais :)

      • Lais disse:

        Aaah acabei de achar seu contato no blog!!! ligo assim que puder! Muito obrigada! e uma coisa e esqueci de comentar: comecei a fazer acumpultura receitada por medico!

  31. Adriano Andrade disse:

    Ola dr.Virgínia, meu nome é Adriano, fiz uma ressonancia recentemente na região da bacia, o resultado foi burcite no lado direito. Estou fazendo TENS e ondas curtas à 5 dias, ainda da umas fisgadas na coxa, então perguntei ao fisioterapeuta se fazer gelo melhoraria mais rápido, e tbm to passando pomada anti-flamatório na coxa toda, isso ajuda mesmo? Pois sou praticante de corrida à 3 anos e gostaria de voltar à atividade. Já tomei remédio manipulado tbm, claro, receitado pelo médico. Me ajuda se for possível, agradeço desde já, até logo.

    • Olá Adriano!
      Como você deve ter lido os outros comentários, o TENS é apenas uma técnica de analgesia, ou seja, ele tira a dor, mas não trata o problema. O ondas curtas, nesse caso, é TOTALMENTE contra-indicado, pois a bursite é uma inflamação da bursa, e toda inflamação tem aumento de temperatura no local acometido, portanto, você está utilizando uma técnica que esquenta mais ainda, visto que o ondas curtas é uma calor profundo na região aplicada. Ainda assim, é uma contradição a fisioterapeuta orientar você a fazer gelo após um calor profundo. Não faz sentido, né?!
      Nossos músculos foram feitos para se movimentar, e por isso, seu tratamento deve ser baseado em técnicas manuais e exercícios localizados. Ficar deitado numa maca tomando choquinhos intermitentes e com 2 plaquinhas que esquentam seu quadril definitivamente não vai te reabilitar.
      Me coloco à disposição desde já para fazermos uma avaliação mais minuciosa do seu caso e traçarmos uma conduta de tratamento apropriada para você, para que você ainda possa fazer os exercícios dentro de casa, sem precisar se deslocar. Me mande um e-mail: fisioterapiapersonalizada@gmail.com
      Grande abraço,
      Dra.Virgínia Helena – fisioterapeuta e personal trainer.

  32. Cássia disse:

    Dra. Virgínia, a 20 dias fui acometida por uma dor no final das costas que abrange as nádegas e desce para as pernas, fui ao médico ele disse que era problema na coluna, fiz um raio x e segundo o médico estou com desgaste na coluna. Ele indicou me 10 sessões de fisioterapia e na clínica o tratamento está sendo compressa quente, depois os choques e por último um gel muito gelado que é passado na parte lombar. Estou preocupada por está colocando compressa quente e depois o gel gelado, isso está correto? Eu posso piorar? Seria bom eu fazer também exercícios? Um Abraço!

    • Olá Cássia!
      Sim, você vai piorar, pois o seu tratamento está ABSOLUTAMENTE errado. Você pode, inclusive, denunciar essa clínica e o profissional ao CREFITO/3, pois esta conduta não tem nenhuma lógica para o seu caso. Por que colocam compressas quentes e depois o gel gelado? Por que usam o “choquinho” que apenas vai aliviar o sintoma da dor, e não tratar o problema? A sua dor irradiada, é sinal clássico de pinçamento nervoso. O pinçamento pode ocorrer por várias causas, desde um desgaste vertebral, como o médico diagnosticou, como também um deslocamento da vértebra ou até mesmo uma hérnia de disco. Não posso afirmar a causa sem avaliar o local.
      Olha só, tenho recebidos muitos comentários como o seu aqui no blog, e sempre me coloco à disposição para fazermos uma avaliação minuciosa e então traçarmos a melhor conduta. Atualmente, trato alguns casos como o seu, provindos do blog, que seguiram minha sugestão e hoje são meus pacientes, com significante melhora. Se você não for de SP, não tem problema, podemos conversar também, pois já viajei diversas vezes para atender os casos agudos em outras regiões.
      Estou à disposição e espero ter ajudado.
      Abraços,
      Dra.Virgínia Helena – fisioterapeuta.

  33. Thiago disse:

    Boa noite Dra. Virgínia Helena, gostaria de um grande favor e ajuda sua. Há quase 3 meses atrás, machuquei meu ombro/pescoço. Fui a um ortopedista que na verdade mal me examinou, e pediu um ultrassom para verificar se havia algum rompimento. Fiz o exame e deu tudo ok, porém estava com muita dor na região do pescoço até o ombro, especificamente no trapézio. Ele me passou então um anti-flamatório, ALGINAC, pois estava com o músculo inflamado. Enquanto aguardava o resultado do exame, tomei 2 cxs do remédio e sem sucesso retornei ao médico com o exame e então pedi uma injeção, pois tenho alguns problemas gastrointestinais e o remédio estava me fazendo mal. Tomei a injeção e senti uma melhora, porém a dor não passou totalmente. Demorei para começar fazer a fisioterapia pois estava sem tempo. Comecei a fazer agora nessa semana e fui a 2 seções. O procedimento utilizado foi esse citado no seu tópico. Fiz no primeiro dia por cerca de 40 min. Hoje novamente, porém, estou um pouco preocupado e também com uma grande vontade de melhora. Preocupado porque acho que esse método não solucionará meu caso, posso estar errado, e por isso vim procurar na internet e achei seu site (ainda bem). Sou uma pessoa que sempre busca informações, e na verdade gosto de passar por vários médicos para ver as diversas opiniões. A dor continua, sei que é cedo, mas há uns dias atrás estava melhor, e agora está pior e até por isso comecei a fazer a fisio. Bom, pra resumir, achei que só esse método é muito pouco, perguntei sobre alongamentos ela me falou alguns que eu já faço por praticar esportes, mas não fiz nenhum lá. Não sei se em breve farei lá, mas o que eu gostaria da sua ajuda é:

    Pensei em ir novamente no ortopedista, mas em outro do plano.
    Estou fazendo alguns alongamentos que achei em alguns sites e alguns que eu também já conheço.
    Minha dúvida maior é que como o músculo ficou um tempo parado, ele pode ter ficado “atrofiado”, eu não teria que fazer um exercício para recuperação da força do músculo? Quero voltar a treinar, pratico kung fu e estou a 2 meses parado, não vejo melhoras e achei uma luz vendo o seu site. Fiz também algumas sessões de acupuntura, que aliviaram as dores. Ainda irei fazer mais. Mas o que vejo, é que esses 2 métodos apenas aliviam as dores e não tratam da causa do problema. O que devo fazer?

    OBS: passo muito tempo sentado dirigindo e no computador, pois faz parte do meu trabalho.
    Hoje fiz compressa de água quente, é recomendado?

    Aguardo seu retorno. MUITO OBRIGADO! Thiago.

    • Olá Thiago,
      Obrigada por escrever pra gente.
      Sim, você está certo em suas preocupações e sensações. O TENS e a acupuntura vão agir na melhora da dor mesmo, não tratando o problema. Alongamentos vão ajudar sim, pois nutrem o músculo e distende as fáscias musculares, mas um treinamento de força local associado com um equilíbrio das cadeias musculares que compões determinados movimentos em que o trapézio está inserido são fundamentais para reabilitação completa. Infelizmente a fisioterapia que você está fazendo está atrelada ao convênio, e já sabemos o quanto ela é limitada por conta de uma série de burocracias. Sinto lhe dizer, mas na atual fisioterapia você vai fazer apenas o TENS mesmo e talvez um ondas-curtas mais pra frente, que é um calor profundo na região. Você pode continuar com a bolsa de água quente, pois o calor nesse caso irá relaxar a musculatura cervical. O fato de você passar horas sentado realmente contribui com a dor, visto que é uma posição de muita sobrecarga para a cervical.
      Minha opinião é que muitas vezes o barato sai caro, e optamos por fazer a fisioterapia do convênio porque temos fácil acesso a ela, mas infelizmente é um segmento da saúde que está em processo de falência, pelo péssimo atendimento aos pacientes e a ineficácia dos tratamentos realizados.
      Me coloco à disposição para batermos um papo pessoalmente e fazermos uma avaliação minuciosa do seu caso, envolvendo alguns testes de mobilidade e força para vermos a raiz do problema e então traçarmos a melhor conduta a ser realizada.

      Abraços,
      Dra.Virgínia Helena – fisioterapeuta.

      • João Pedro disse:

        Boa noite Dra.Virgínia Helena , gostaria de pedir um favor , eu comecei a fisoterapia nesta quarta porque eu fiz um artroscopia do menisco lateral , e em 3 dia eu só tive aquele choquinho no joelho e um ultra-som , e parece q as minhas dores aumentarão , será q eles estao fazendo certo ? era só pra fazer esse choquinho e nao fazer nenhum exercício ?

        • Olá João,
          Definitivamente está errado! Como você deve ter lido o post e até outros comentários, o TENS é apenas uma técnica de analgesia, não um tratamento. O ultrassom é legal sim, pois ajudará a diminuir o inchaço e conter a inflamação típica do pós-operatório, mas, não realizar NENHUM tipo de exercício está absolutamente errado. Num início de tratamento, seria indicado exercícios de contração isométrica, pois a mobilidade do joelho ainda está reduzida, então você precisa fortalecer a musculatura da coxa para começar a ganhar sustentação.
          Como sempre digo aos leitores do blog que realizam fisioterapia de má qualidade (infelizmente), me coloco totalmente à disposição para avaliar o seu caso de perto e traçarmos uma conduta apropriada para você. Se quiser, entre em contato comigo pelo e-mail: fisioterapiapersonalizada@gmail.com

          Abraços,
          Dra.Virgínia Helena.

  34. waleska disse:

    Boa noite, gostaria de saber se seria um complemento para tendinite pos entorse do tornozelo.
    Como posso marcar uma consulta? Sou do RJ.

    • Olá Waleska!
      O TENS é apenas uma técnica de analgesia, tirando o sintoma da dor, mas não tratando o problema. Serve como um complemento sim, desde que haja movimentação com exercícios cinesioterapêuticos.
      Sou de SP, e podemos falar mais à respeito da viabilidade de você vir aqui e ser atendida no consultório, como eu também ir até aí e atendê-la na sua casa, como já fiz em outras ocasiões com outros leitores do blog.
      Estou à disposição para alinharmos a consulta.
      Abraços,
      Dra.Virgínia Helena.

  35. João Pedro disse:

    Olá Virgínia , queria saber depois da artroscopia de menisco lateral , depois de quanto tempo ja posso voltar a jogar bola e se tem alguma coisa alem do reforço muscular para acelerar , algo tipo alguma vitamina , fruta ou etc .. ? responda rapido pf mt obrigado .

    • Olá João,
      Desculpe a demora, estava ausente do blog agora no comecinho do ano.
      Então, eu não diria nem “reforço muscular”, diria mesmo treinamento de força, pois com a artroscopia, muitas fibras musculares são rompidas. Voltar a jogar bola é relativo, pois você pode pedir ao seu fisioterapeuta que faça um trabalho funcional, específico com movimentos relativos ao futebol, fazendo com que os mesmos movimentos de reabilitação sejam dentro do esporte. Quanto à alimentação, para ganhar músculo é importante comer proteína, mas a dosagem disso e com o que você pode balancear, sugiro que procure um nutricionista especializado em esportes.
      Espero ter ajudado.
      Abraços!

      • João Pedro disse:

        Eu fui começar a tentar voltar as treinamentos de futebol , fiz por 3 dias e comecei a sentir dores no joelho acredito eu q seja muscular mais ja sinto a uns 5 dias é normal né ?

  36. marcus disse:

    Olá Virgínia,estou fazendo teens no pubis(pubalgia) junto com gelo gostaria de saber se isso e o certo ? e quanto sessoes mais ou menos tenho que fazer ja que os fisioterapeuta so passaram 10 para eu fazer , desde ja obrigado

    • Olá Marcus,
      Saber exatamente o número de sessões, só realizando uma avaliação mais minuciosa do seu caso para sabermos, mas, sem dúvidas, 10 sessões é muito pouco. O gelo é analgésico, então, se estiver com dor, funcionará durante um período, depois não mais. O melhor é fazer uma terapia manual na região, e provavelmente um fortalecimento de assoalho pélvico, mas como disse, para se ter certeza dessa conduta, só mesmo com uma avaliação mais criteriosa. onde vc mora? Me coloco à disposição para tentarmos marcar essa avaliação.
      Abraços,

  37. J.Eduardo disse:

    Olá Dr.Virgínia eu estou com Sinovite no joelho direto e estou fazendo fisioterapia há 3 dias tratando com o Tens,Microondas,Ultrassom. Gostaria de saber se faz mal fazer todo dia ou se é melhor assim.
    Desde já,Obrigado.

    • Olá Eduardo,
      Como vc deve ter lido nos outros comentários, mal não vai fazer, mas provavelmente terá uma reabilitação bem mais lenta e incompleta do que se fizesse a fisioterapia com exercícios associados.

      Abraços,

  38. Pedro Torres disse:

    Ola Dra , eu fiz uma artroscopia do menisco lateral do joelho direito fiz a fisioterapia e reforço e acabei tendo uma sinovite agora por eu está acima do peso e ter corrido bastante na esteira , mais eu estava fazendo uma fisioterapia num lugar muito bom e particular , mais agora estou numa situação financeira ruim vou ter que recorrer a do plano de saúde e queria saber o que deve se fazer para curar essa sinovite ? e já estou fazendo uma reducação alimentar para perder e peso e voltar a jogar bola . Muito obrigado se puder responder eu agradeço Abraço ^^

  39. Remo Albino disse:

    Olá Dra. parabens pelo blog, meu nome é Remo, jogo tenis desde sempre,à alguns meses me apareceu um tal de “ombro congelado”, fiz ultrasom e não se constatou nenhuma lesão muscular ou nos tendões, diz o Médico que o problema é no( liquido sinuvial) estou fazendo fisioterapia no minimo tres vezes por dia,porem a dor continua e piora muito a noite ao dormir, gostaria de saber que outro tipo de tratamento eu poderia fazer , pelo menos para tirar a dor.

    • Olá Remo,
      Claro que para te dar uma recomendação seria interessante te avaliar pessoalmente, testar o seu ombro. Mas certamente não te indicaria fisioterapia 3x ao dia, todos os dias, pois dessa maneira, você não dá descanso às estruturas, e sabemos que o ganho e reabilitação estão ligados ao repouso pós-treino. Que tipo de exercícios você têm feito? Está utilizando ultrassom?

      Abraços,

  40. Pingback: Tratar o doente e não a doença | Reabilitação, Tecnologia em Ciência e Qualidade de Vida

  41. Fiz o tratamento por dois meses e foi o que me ajudou..não precisei operar minha hérnia de disco graças a esse aparelho..tem que ter calma mas, realmente funciona, juntamente com o infravermelho. Abç

    • Não podemos esquecer Flávia, que o TENS é um analgésico, e que, portanto, tira a dor. O infra-vermelho trata a inflamação, e por isso deve ter te ajudado com a hérnia. Provavelmente, sua hérnia não tinha abaulamento do disco e nem extravasamento do núcleo pulposo. O TENS não é um tratamento, e sim uma técnica. Fico feliz de ouvir um relato em que a combinação apenas de eletroterapia melhorou.

      Obrigada por participar do blog.

      Abraços!

  42. Gustavo disse:

    Boa tarde Dra. Virgínia.
    Há alguns meses, torci o tornozelo e fiquei 2 semanas com a bota ‘robocop’. Logo após, iniciei as 10 primeiras sessões de fisioterapia. Voltei ao médico, e ele me mandou para mais 10 sessões.
    Eu fazia Tens + Crioterapia, Ultra Son e Turbilhão.
    Hoje, após 20 sessões não vejo muita melhora, a dor continua, e como voltaram as aulas da faculdade, fica complicado fazer mais fisioterapia.
    Porém, tenho o aparelho de TENS em casa e coloco gelo também no local.
    Haveria mais alguns aparelhos ou exercícios para que eu possa fazer em casa, para não para o tratamento ?
    Parabéns pelo blog.

  43. Vinicius Souza disse:

    Bom dia, Dra.!

    De uns meses para cá, comecei a sentir uma dor ao ficar muito tempo sentado, normalmente é mais um incomodo e sentia uma dor ao levantar e sentar novamente…
    Bem, fui no médico, e ele me pediu uma ressonância, essa que mostrou o seguinte:

    “Discopatia degenerativa em L5-S1 com protrusão discal posterior central determinando compressão sobre a face ventral do saco dural.”
    Então ele disse para eu fazer 10 sessões fisioterapia.

    Comecei na sexta passada (08/03), estou fazendo todos os dias, como o pessoal da fisioterapia indiciou, dizendo ser melhor.
    Hoje irei para a quinta sessão, ou seja, metade do tratamento, e não senti diferença até o momento.
    Nos 3 primeiros dias, fiquei apenas em um aparelho que esquentava a região da dor (15 min) e após ia para esse do “choquinho” (por no máximo 15 min tb).

    Ontem além desses dois, ela me passou um alongamento, que fico deitado e trago o joelho em direção ao peito (faço 3x de 30seg cada perna) e também um exercício com a bola, colocando os pés sobre a bola e trazendo a bola o mais próximo de mim com os pés (1 série de 20x).

    A dor não é muito forte, é bem suportável, até por que o médico nem me indicou medicamento algum, e não vejo necessidade também.

    Sou profissional de TI, ou seja, fico praticamente o dia inteiro sentado. Pratico musculação, mas já fazem 3 meses que não faço, devido a dor, a única coisa que o médico me liberou foi o futebol,
    que pratico 1x na semana.

    Sei que ainda está no começo, mas gostaria de saber se essa fisioterapia está no caminho certo para o meu problema.

    Desculpe pelo tamanho do texto.

    Obrigado!

  44. tania disse:

    olá Dra!…em primeiro lugar parabéns por seu blog,ou melhor,por sua atenção,pois assim como li aqui,é de verdade umas das poucas que responde aos nossos “apelos”…tenho fibromiágia,é uma doença que causa muito dor…são dores 24 hrs por dia,fora tds os outros sintomas,e como uma dra me disse uma vez,tbm é uma doença oportunista,digamos assim!…através dela temos muito dentinites,bursite,escolíose…no meu caso tenho tendinite em várias partes do corpo,fora as outras nites…rs….fiz uma vez a fisioterapia com tens nos pés(tendinite cronica,nos dois pés)…e na época achei um grande alívio,e ao contrário de uma pessoa q li aqui,eu aumentava escondido o nível da máquina,pois a minha dor era tão grande q eu queria mais choquinhos..rs.Só que já faz um bom tempo q fiz,pois perdi meu plano e pelo sus e muito difícil conseguir.como o tempo td a dra diz q é um aparelho para dor,acho q seria bom eu tê-lo em casa.tenho até um aparelho de massagem ,mas é tão forte q ao tocar meu corpo dói tudo!…enfim,gostaria de saber sua opinião,já que ele é msm um aparelho para o alívio da dor.desde já agradeço muito!boa noite!…coloquei meu email ´pois é obrigatório,mas ñ consigo mais ter acesso tá…

    • Olá Tania,
      Obrigada por participar do blog.
      Pensando no custo x benefício, realmente seria interessante vc ter o TENS em casa, mas há um prblema: como saberá ajustar o parâmetros adequados? As freuqências, intensidade de corrente e tempo são parâmetros de total importância da hora da aplicação, para que se tenha boa eficácia.
      Justamente por isso, não acho que vale a pena, além do que, se vc passar a usar o TENS com regularidade, o seu cérebro s eadaptará e passará e produzir menos e menos analgésicos endógenos, pela relação de feedback negativo mesmo que o corpo possui.
      Ou seja, vai ajudar apenas no começo do uso.

      Espero ter ajudado.

      Abraços.

      • tania disse:

        sim querida,me ajudou!…realmente,ele é bom para as dores,mas meu cérebro já tem dificuldade de produzir a serotonina,a endorfina…e no caso então seria msm como os remédios q com o tempo vai “perdendo” sei efeito né?…mais ou menos por ai?…valeu muito por sua dica,eu ñ tinha pensado por este lado.Acho q se tivesse um em casa,por causas das dores q são tantas,eu ligaria na potência maxima e tds os dias….ñ adiantaria por muito tempo!..rsrs…brigado msm!

  45. tania disse:

    …..só msm para uma melhor esclarecida….e dizer q a muitos anos um médico tbm me disse que era enrijecimento muscular,por eu sentir muitas dores no pescoço e ombros,mas ñ era!!!!….

    Fibromialgia caracteriza-se por dor crônica que migra por vários pontos do corpo e se manifesta especialmente nos tendões e nas articulações. Trata-se de uma patologia relacionada com o funcionamento do sistema nervoso central e o mecanismo de supressão da dor que atinge, em 90% dos casos, mulheres entre 35 e 50 anos. A fibromialgia não provoca inflamações nem deformidades físicas, mas pode estar associada a outras doenças reumatológicas o que pode confundir o diagnóstico.

    Causas

    A causa específica da fibromialgia é desconhecida. Sabe-se, porém, que os níveis de serotonina são mais baixos nos portadores da doença e que desequilíbrios hormonais, tensão e estresse podem estar envolvidos em seu aparecimento.

    Sintomas

    * Dor generalizada e recidivante;

    * Fadiga;

    * Falta de disposição e energia;

    * Alterações do sono que é pouco reparador;

    * Síndrome do cólon irritável;

    * Sensibilidade durante a micção;

    * Cefaleia;

    * Distúrbios emocionais e psicológicos.

    Diagnóstico

    O diagnóstico da fibromialgia baseia-se na identificação dos pontos dolorosos. Ainda não existem exames laboratoriais complementares que possam orientá-lo.

  46. Roberto disse:

    Dra é necessário fazer fisioterapia todos os dias ate no domingo em caso de contratura? Fisioterapia todos os dias faz mal? Ou é bom dar um descanso para o atleta?

    • Olha Roberto, essa pergunta não é tão fácil de ser respondida, rs.
      Depende do objetivo da recuperação. Por exemplo, um atleta de ponta, de futebol, faz fisioterapia 24h quando precisa se reabilitar pra um jogo importante. ele fica no CT com gelo 24h para q a lesão melhore ainda na fase aguda. ele tem bons profissionais ao lado dele, com os melhores equipamentos e técnicas.
      Mas, se o atleta não tem grande responsabilidade em curto prazo e não está alojado num CT, acho o repouso imprescindível, pois o músculo precisa de repouso para se regenerar.

      Espero ter ajudado.
      Abraços!

  47. ALLAN disse:

    OI,boa noite….Dr Virgínia., comprei um tens, so q não sou fisioterapeuta, fiz uma ressonÂncia magnética do joelho direito,tenho todas essas lesões,ANÁLISE…….. Edema na medular óssea da faceta e na superfície externa do conÔdilo femoral lateral, não se podendo afastar a possibilidade de luxação patelar prévia..
    O retináculo patelar medila aprasenta se levemente irregular.
    Imagem ovalada, bem demilitada,hiperintensoem DPhipointensa emT1,com halo hipointenso em todas as sequências ao redor;medindo 1,6×1,2×0,5 cm,localizada na medular óssea subcortical da região diafisária distal posterior do fêmur.de aspacto inespecífico,porém provavelmente benigno.
    lesão osteocondral no vértice da paleta,assiciado a irregularidade e focos de edema na cartilagem em correspondência,segerindo condropatia grau IV.
    osteófitos marginais na paleta em seu polo superior.
    mínima esclerose subcondral na superfície de sustentação do platô tibial medial.
    sinal linear no corno posterior do menisco interno,que não se estende as superfícies meniscais,sugerindo alteração degenerativa.
    menisco externo de morfologia e sinal normais.
    espessamento do ligamento colateral medial,que sugere estiramento antigo.
    demais ligamentos íntegros.
    espessamentos e focos isointensos de permeio às fibras do tendão quadríceps junto ao polo superior da paleta,sugerindo tendinose.
    tendão patelar anatômico.
    não há derrame articular.
    COMO DEVO REGULAR O PARÂMETRO E A FREQUÊNCIA DO TENS?
    OBRIGADO PELA ATENÇÃO…

  48. cristina disse:

    Boa noite Dra Virgínia, assim como os colegas preciso tirar umas dúvidas, pois faço fisio pela, 2° vez, 1° fiz 8 das 10,, o trat. é dorso lombar+perna : FB+TENS+US1,0W/cont+mass.
    Tudo começou fiz ultra do abdomen, deu leve dilatação dos rins, fui no Urol., fiz Tom.COMPUT. e indicou pra Ortopedia, fiz Ress. MAGN. COLUNA LOMBAR, que deu:
    As imagens foram obtidas atraves de sequencias multiplanares, em equipamento de alto campo.
    Corpos vertebrais linhados e de altura normal, apresentando incipientes osteófitos marginais em alguns níveis.
    Focos de hipersinal em T1/T2 no corpo vertebral de L2, sugerindo tecido angiolipomatoso.
    Pedículos íntegros.
    Articulações nterapofisáias preservadas ao método.
    Discos intervertebrais com espessura e intensidade de sinal normais.
    Não há sinais de protrusões discais compressivas.
    Canal raquiano e forames neurais de amplitude preservada.
    Cone medular tópico e com caracteristíca de sinal normais.
    O MÉDICO disse pra fazer só a fisio., não passou exercícios, fiz RX deu ESCOLIOSE.
    Minha dúvida é qual o problema da ress. magn., o tratam. é só isso, pois aliviou as dores fortes, mas ainda sinto diariamente , até queimação que irradia pra barriga mais no lado esquerdo inferior. Muito obrigada pela atenção.

  49. Vania Gomes disse:

    Olá Drª Virgínia, gostei muito das suas explicações acima, se possível me tire algumas dúvidas….
    Tenho tendinite no supra-espinhoso (ombro direito), iniciei sessões de fisioterapia em janeiro já foram 32 sessões, fazendo alongamentos, 20m ou menos dos choquinhos e alguns exercicios com elasticos e bola, mas agora o médico que me atendeu pediu para quando der 40 sessões de fioteratipia parar e só alongar e por gelo em casa e receitou uma injeção anti-inflamatória. Será que com essa quantidade de sessões normalmente a tendinite melhora? Pois ainda sinto um incomodo. Já fiquei afastada tb 26 dias do trabalho (caixa de banco) e nesta semana voltarei.
    A hidroterapia também seria bom nestes casos, ou o exercício pode causar mais dor. E a aculpultura?
    No último exame de ultrassom , 19 de março, havia constado tendão do supra-espinhoso tópico, moderadamente espessado e hipocoico, com borramento parcial do seu fibriar habitual, sem sinais de ruptura.
    Já no anterior , 26 de fev, constava textura do supra-espinhoso heterogenea e predominantemente hipoecogenica, espessura normal sem evidencia de rupturas e bursa subacromial/subdeltoidea com paredes espessadas e com sinais de leve efusão.
    Poderia me explicar melhor esses resultados de ultrassom. E se pode ter difierença de resultado entre ultrassom e ressonancia magnética, pois já fiz uma rm na mesma época e constava apenas mínimos osteofitos marginais e espessamento capsular superior da acromioclavicular , aspecto degenerativo incipiente e como conclusão: exame sem alterações.
    Obrigada!!
    Resposta

  50. felipe disse:

    o TENS serve tambem para fortalece uma musculatura ?

  51. Bruna Guedes disse:

    Tenho uma dúvida, tenho diagnosticada condromalacia, estava com uma inflamação na inserção dos adutores, que não foi tratada, o medico pediu uma ressonancia que mostrou que todas as estruturas estavam integras, interrompi treinamento de MI. Ate mesmo exercicios isometricos geravam dores fortes. Comecei com as sessões de fisio 3 vezes por semana, estou na segunda semana ainda, porem as dores só tem aumentado com o tratamento, a fisio utilizava laser, eu fazia exercicios de fortalecimento e no final ficava no TENS, na ultima sessão tive que interromper pq os choquinhos me deram muita dor, minhas dores são localizadas nas extremidades dos acidentes osseos da tibia e femur como uma dor de pancada, durante o dia sinto dores agudas variaveis no joelho, mas com a palpação percebo o quanto esses locais estão doloridos, pode ser sinal de alguma outra patologia ou alguma inflamação não diagnosticada pelo ortopedista?

    Obrigada e parabens pelo trabalho e atenção a todos.

  52. Mileno Almeida disse:

    Se a Dra. me permite, n sendo intrometido, ja sendo, sou Fisio no estado do RN, o seu caso Bruna Guedes, acho até q a Dra. vai concordar, me corrija se eu estiver errado, a condromalacia é um desgaste patelar q pode ter varias causas, até um desvio posterior do iliaco pode ser o “iniciador” desse problema, encutando os musculos do quadriceps e “puxando” sua patela, fazendo com q ela fique em atrito com os côndilos femorais. Deve ser feito uma avaliaçao minunciosa para o correto tratamento.

    • Sim, Mileno, concordo plenamente. Os posts estão aí para que todos leiam mesmo. As pessoas infelizmente querem sua dúvidas sanadas colocando o relatório ou laudo de um exame e perguntando se devem ou não adquirir o TENS. Não se dão ao trabalho de ler os posts mais antigos, em que as dúvidas dos colegas são as mesmas. Cansei de responder a mesma resposta para todas as mesmas perguntas. O paciente que realmente tem interesse em se tratar corretamente me envia um e-mail.
      Obrigada por escrever dessa maneira, e se colocar como um profissional de verdade aqui no blog, pois se a nossa profissão tem problemas éticos, ficar reclamando e descendo a lenha não é o que vai ajudar.
      Antes, eu achava que era culpa dos convênios, depois passei a achar a culpa dos profissionais, hoje acho que a culpa é de ambos e também de vários pacientes, que não pesquisma sobre sua patologia, não exigem um bom atendimento e se conformam com algo que não é eficaz.

      Obrigada por participar do blog.

      Abraços!

      • Bruna Guedes disse:

        Virginia, me desculpe se ja haviam perguntado antes se apresentar dor como as minhas com o uso do TENS era indicio de alguma outra patologia, haviam mtas perguntas, em todas que li, eram a respeito de outras coisas, só perguntei pq vc parecia estar a disposição para responder, não queria atrapalhar. Não lhe enviei um e-mail pq não iria me tratar com vc ja que ja faço tratamento pelo convenio em minha cidade. Não tenho interesse em comprar o aparelho nem em pedir um tratamento, só expliquei meu problema detalhadamente para ficar mais claro, só queria tirar uma duvida que nenhum fisioterapeuta conseguiu responder ainda. Se estavam tendo algum tipo de problema por aqui com profissionais ou “varios pacientes” eu não vi e não tenho nada a ver com isso, poderia me dizer que não existe nenhuma patogia que apresenta dor com uso de TENS ou não responder nada, do que falar dessa forma.
        Mileno, acho que me expressei mal. Queria saber se existe uma relação com alguma outra patologia o fato das minhas dores aumentarem especificamente com o uso do TENS não que tipo de tratamento preciso ou a causa do problema. Mas obrigada ;)

        • Olá Bruna,
          Realmente me desculpe. Não quis em momento algum me referir a você diretamente. Quem se expressou mal fui eu. Aliás, bem mal. O Dr. Mileno me fez um favor em se expressar daquela maneira, e eu retribuí explicando o motivo de minha ausência no blog.

          Assim, como não respondi ao seu post, também não respondi o de outras pessoas, pois não havia lido, como não leio há tempos outros posts pelo motivo mencionado.

          Caso tenha alguma dúvida sobre a patologia, e eu puder ajudar, por favor me encaminhe um e-mail que terei o prazer em conversar contigo.

          Peço novamente sinceras desculpas.

          Virgínia Helena.

  53. Carlos Finotti disse:

    Olá Dra.Virgínia,gostaria de que tirasse uma duvida,estou aguardando o inicio de uma fisio pois sofri acidente e fraturei a fibola,e tive de ser submetido a uma cirurgia aonde foi colocado pinos,ate ai td bem ja estou me sentindo bem melhor,so q nao consigo dobrar totalmente a pena,quando forço(nao sei se é indicado fazer isso),dói um pouco sei que é normal.Enfim,minha pergunta é a seguinte,eu nao consgo dobrar totalmente a perna,por que os nervs devem estar atrofiados,devido ao tempo q nao movimento a mesma?desde ja agradeço.e parabenizo-a pelo excelente esclareci
    mento de duvidas.

    • Olá Carlos,
      É normal você não conseguir executar o movimento com eficácia já agora. Espere a fisioterapia começar para que você volte a ganhar força na musculatura que está inserida na fíbula, bem como alongar e adquirir propriocepção nessa região.
      Não force a região e evite os movimentos de descarga de peso na perna acometida agora no início.
      Escreva para mim novamente depois que a fisio começar, para que possamos evoluir juntos com o tratamento.

      Obrigada por participar do blog.

      Abraços!

  54. letícia disse:

    Boa noite Dra. Virginía,

    fiz artrodese cervical C6-C7 (via anterior) tem 7 meses e após a cirurgia descobri que estou com fibromialgia. Gostaria de saber, por favor, quais as atividades físicas ideais para o meu caso.
    Faço caminhada todos os dias (1 hora), mas quero complementar com mais atividades ou tratamentos para ter qualidade de vida. O médico disse que não posso fazer atividades de alto impacto e eu não tenho a menor idéia do que é melhor para ajudar na minha recuperação e ajudar a controlar a fibromialgia. Obrigada e muito sucesso!!!! Letícia

    • Olá Letícia,
      Uma atividade bastante interessante, que tem muitos resultados positivos é a piscina aquecida. Atividades de hidroterapia ou natação são muito indicadas para fibromialgia.

      Obrigada por participar do blog.

      Abraços,

  55. letícia disse:

    Olá Dra. Virgínia,

    Obrigada pela atenção e informações.
    A sra. indicou hidroterapia e natação p a fibromialgia… adorei !!!
    Não tem problemas eu fazer natação com a cervical (C6-C7)com placa e parafusos?
    Qual seria a atividade recomendada p quem fez esse tipo de cirurgia?
    (p ajudar na minha recuperação e evitar problemas futuros na coluna
    como por ex. sobrecarga nos discos adjacentes).

    Obrigada pela atenção e paciência, muiiiitttttooo sucesso,
    Letícia

  56. letícia disse:

    Obrigada pela atenção Dra. Virgínia.
    Abraço

  57. Fabio disse:

    Parabéns pelo seu blog! Dra. Virgínia, eu tenho tendinite no ombro e estou fazendo fisioterapia, é certo usar infra-vermelho e ultrassom, pois não estou vendo melhora.
    Obrigado.

  58. michella fabiana cardoso de oliveira disse:

    oi dra. virginia olha há 3 meses cair desloquei o cotuvelo fiz cirurgia so pra colocar o osso no lugar não foi fratura exposta nem precisou cortar.fiquei 6 semanas engessada meu braço ainda doi muito so que a dor e no ombro,tou usando o tens e o infravermelho e fazendo exercios meu braço ta descendo aos poucos e normal? pq e o ombro que doi muito? mas sinto dor tb no braço quando mivimento. tou tomando cataflan de 7 em 7 hs e dorflex tb! mas sentir muito progresso movo so que doi demais o ombro não suspendo o braço todo ainda não faço o suficiente.me ajuda bjs sou de Itabuna-ba

  59. michella fabiana cardoso de oliveira disse:

    tou comedo de não movimentar mais o braço pq doi demais o ombro.mas faço o que posso. manda uma msg pra mim para o meu imail ta bom agradeço!!!! bjs no coraçao

  60. Carla disse:

    Faço o choquinho todos os dias uma meia hora, na hora é ate gostoso, eu faço na coluna, mais quando saio de lá acho que a dor fica pior, ja fiz raio x e o médico diz que não tem nada tenho 14 anos não consigo nem deitar para dormir a dor é insuportável…
    Faço alongamentos, mas n]ao esta adiantando de nada

  61. whendel disse:

    ola dra. gostei do teu blog parabéns.
    em um acidente com motocicleta em 2011, tive lesão de plexo branquial no braço direito.
    queria que me esclarecesse algumas duvidas, no qual ate hoje sinto muita dor ou seja formigamento o tempo todo, estou querendo comprar o aparelho tens e fes, pois me orientaram que ajuda para diminuir a dor e também para o fortalecimento muscular.Fiz 2 anos de fisioterapia 3 vezes por semanas, nao vi grandes melhoras, os fisioterapeutas não ficavam nem 20 minutos com o aparelho ligado e os exercícios eu fazia sozinho, então estou querendo fazer tisioterapia em casa, nao sei o que faço me ajuda.

    aguardo tua resposta bjs. sou de BELO HORIZONTE MG.

  62. Elaine disse:

    Dr Virginia, tirei um radiografia a mais ou menos um mes porque eu sentia uma dor abaixo da lombar do lado direito na radio aprensentou uma “leve esclerose no terço superior das articulações socroilíacas” o meu ortopedista mandou eu tomar o remédio”Movatec 15″ mais 10 sessoes de fisioterapia… tomei o remedio a dor passou porém mesmo assim comecei as sessoes de fisioterapia… primeiro eu fico em cima de duas placas quentes depois fico no tens cerca de 20 minutos em cada um… fiz cinco sessoes e minha dor ja passou, minha pergunta é se e necessário dar continuade ao tratamento tendo em vista que so acima de 40 minutos no tens que ira surgir efeito.

    • Olá Elanie,
      Obrigada por participar do blog!!

      Então, na verdade, você deve realizar um tratamento que envolva exercícios e movimento. O TENS age como analgesia, portanto, não tratará o problema e sim o sintoma, que é a dor, porém, com seu uso acima de 40 minutos. Essas placas quentes são chamadas Ondas Curtas, e é um calor profundo com objetivo de diminuir inflamações crônicas e relaxar a musculatura profunda. Mas, os exercícios e a movimentação ativa da região sob orientação é imprescindível. Procure um fisioterapeuta particular, que prescreverá exercícios específicos para o seu caso.

      Abraços,
      Dra. Virgínia Helena – fisioterapeuta

  63. Claudiene disse:

    Dra. Virgínia Helena,eu sinto uma dor nas costa como se estivesse raspando o osso um no outro, essa dor não dói constante, só dói se eu movimentar mal jeito ou quando bate um frio, vento gelado eu tirei um raio x da coluna dorsal, mas não registrou nada, o médico ortopedista disse que seria os músculo. Comecei a tomar um remédio vimovo e fazer fisioterapia que o médico recomendou no primeiro dia fiz uns exercícios e depois colocaram o tens o choquinho , quando cheguei em casa comecei a sentir dores parecendo agulhadas nas minhas costas descendo para o ombro e para os braços, e ainda estou sentido dores, gostaria de saber se essa dor vai passando com alguns dias, ou vai me prejudicar mais.
    Será que é por causa do choque que foi um pouco forte?
    Gostaria de saber se é normal sentir essa dor por dentro quando mexe com os nervos na primeira vez que usa o tens ?
    No primeiro uso do tens o choque tem que ser de leve ou forte?

  64. Juliana disse:

    Olá, Dra. Virgínia, boa tarde. Gostaria de esclarecer uma dúvida. Estou grávida de gêmeos (13 semanas) e com dores na lombar. Fui num ortopedista, que me recomendou fisioterapia. A fisio fez algumas seções de terapia de onda de choque e me disse que não tem problema gestante fazer. Hoje perguntei para meu ginecologista se eu podia mesmo fazer e ele falou para eu não fazer. Gostaria de saber por que é contra-indicado e se as seções que já fiz podem ter causado algum dano aos bebês. Estou muito preocupada, por favor me ajude.

    • Olá Juliana,
      Qualquer aparelho de eletroterapia é contra-indicado na gravidez, pois o bebê fica exposto à radiação, ondas eletromagnéticas e ultrassônicas que esses aparelhos possuem, podendo prejudicar a evolução de seu desenvolvimento.
      Sugiro que interrompa imediatamente o seu tratamento.
      Com 13 semanas, não acredito que tenha prejudicado os bebês, mas acho que não somente você deve fazer um acompanhamento de perto com o seu ginecologista sobre outras opiniões médicas, como fazer uma denúncia no CRM – Conselho Regional de Medicina – sobre os devidos erros do ortopedista, sendo: 1- a prescrição de eletroterapia durante a gestação e 2- prescrever a conduta fisioterapêutica, que compete somente ao fisioterapeuta prescrever o tipo de tratamento adequado para cada caso.

      Obrigada por participar do blog.

      Abraços,
      Dra. Virgínia Helena – Fisioterapeuta.

  65. Marcelo Martins disse:

    Dra Virginia, nunca perguntei nada em qualquer blog….mas gostei de sua explicações como um todo… sinceridade, respeito aos colegas e tudo mais.

    Tive uma pequena ruptura no tendão labral do ombro esquerdo.
    Vai completar 3 semanas de sofrimento…..
    Fui ao ortopedista especializado de ombro… ele me orientou a fazer fisioterapia, 10, 20 ou até 30 consultas com o fisioterapeuta.

    Iniciei o tratamento… com um laser por 1 minuto.
    tens (choquinho) por 20 minutos
    gelo (3 vezes ao dia)

    O que acha do tratamento?
    To desesperado, além da dor.. que doi muito, principalmente a noite, estou sem movimentos no braço….sou canhoto, sou autonomo e não tenho plano de saúde (to pagando tudo no particular)

    Dra., por favor me ajude com conselhos.

    muito obrigado

    • Olá Marcelo,
      Obrigada por visitar o blog!

      Desculpe a demora na resposta, mas estava viajando e não consegui acessar o blog de lá.

      Vamos lá, todos nós sabemos que os convênios conseguir falir a fisioterapia, criando clínicas que possuem somente aparelhos, com fisioterapeutas que em sua maioria são estagiários. Está bem claro que o seu tratamento está completamente errado. Você deve movimentar a região e, para isso deve ser feita uma avaliação minuciosa da região da lesão bem como uma análise criteriosa de seus exames, para então ser possível traçar a conduta desejada.

      Sugiro fortemente que procure um profissional particular, que possa atendê-lo na sua casa, com atendimento personalizado.

      Caso seja do estado de SP, me coloco à disposição para atendê-lo.

      Abraços,

  66. Semiramis disse:

    Muito legal seu blog, Dra. Virginia. Parabéns. Minha mãe fez muita fisioterapia com TENS na cidade onde moramos, e nunca resolveu, pois era exatamente isso que os “profissionais” faziam: no máximo 30 minutos e olhe lá. Mas na hora de cobrar, gente, que eficiência. Resolvi, então, comprar um aparelho portátil de FES/TENS, e após diversas pesquisas, aprendi a manejá-lo. Minha mãe é que escolhe a potência confortável, e deixo agir por 60 minutos. Agora sim, ela tem resultados. É por causa desses “profissionais” que só querem dinheiro, que a gente aprende a fazer de tudo.

  67. Adriana disse:

    Dra Virginia, a senhora mudou minha opiniao sobre os fisioterapeutas, eu achava que 100% gostavam apenas de enganar os pacientes, mas estou errada, ao ler seu blog vejo que não são todos, ainda restam profissionais de verdade. Tenho condropatia e fiz 5 sessões de fisioterapia, por ja ter pesquisado na internet, eu perguntava ao “fisioterapeuta” sobre os procedimentos e eles se chateavam, o tratamento foi apenas “choquinho”, 20 minutinhos e só!!! eu atravessava a cidade, ficava na fila de espera… mais ou menos 1 hora, para receber choquinho apenas 2 minutos… de tanto eu indagar quando começariam os exercícios mesmo, ontem a “fisioterapeuta” mandou eu puxar minha perna ate o glúteo para alongar o joelho e senti muita dor, tudo piorou ainda mais. Decidi que não volto lá. Pretendo fazer fisioterapia particular agora, o que é uma pena, pois acho que um profissional deveria atender com a mesma qualidade particular e convenio, afinal lidam com pessoas… é muito triste ver como os menos esclarecidos são tratados nesta clinica. Agora me resta uma vasta pesquisa para ver se existe algum fisioterapeuta de verdade aqui em Belém do Pará.
    Obrigada pela sua sinceridade, pois quem sabe sabe e não tem medo de comentar os procedimentos utilizados. Continue assim e não se deixe levar pela maioria. Saiba que sendo profissional e humana a senhora deixara um belo legado sabendo que ajudou verdadeiramente.
    Parabéns

    • Obrigada Adriana!
      Obrigada principalmente por participar do blog. Esse é o espaço que tenho para também me manifestar e tentar dar um pouco de dignidade para a Fisioterapia.
      Minha sugestão é que procure um profissional particular e especule mesmo sobre os métodos que ele irá utilizar no tratamento. Estou à disposição para ajudá-la na escolha do profissional.

      Abraços,
      Dra.Virgínia Helena.

  68. Renata disse:

    Olá,estou com condromalacia patelar e o ortopedista me recomendou 10 sessões de fisioterapia,durante o tratamento colocava-se compressas de água quente mais choquinhos e ultra som com gel,não senti nenhuma melhora,depois do tratamento voltei ao medico com mais dor e agora fiquei sabendo que estou com bursite no quadril,e condromalacia nos dois joelhos sendo que antes era só do lado direto,saía da fisioterapia com o corpo muito quente e depois ia pra casa a pé.Alem disso o tratamento pedia exercicios isometricos durante a pratica deles sentia minha perna arder muito.Gostaria de saber se esses procedimentos estavam corretos.Me ajude por favor sinto muitas dores e tenho medo de agravar mais ainda meu quadro.Desde já agradeço e parabenizo pelo blog maravilhoso e sua prontidão ao responder as nossas dúvidas.

    • Olá Renata,
      Me desculpe a franqueza, mas o seu tratamento está completamente errado. Água quente com ultrassom e depois o TENS não faz o menor sentido.
      Sugiro que mude urgentemente de fisioterapeuta.

      Todos nós sabemos que os convênios conseguiram falir a fisioterapia, com suas clínicas medíocres de atendimentos de 20 minutos. Os profissionais atendem vários pacientes simultaneamente, e não propiciam um tratamento personalizado.
      Caso seja de SP, me disponibilizo a atendê-la.

      Obrigada por participar do blog.

      Abraços,
      Dra.Virgínia Helena.

  69. Luciane disse:

    Boa tarde,há 3 meses sofri uma queda de uma escada onde caí sentada, e há 1 mês sofri um acidente de carro onde não usava o cinto e bati com os joelhos no porta luvas, a parti daí fiquei travada, muita dor na lombar, dificuldade se sentar, andar, abaixar, sentia choques nas pernas, um horror!!! Após consulta com um neurocirurgião, e fazendo alguns exames com resultados:escoliose 8º, RM : Pequenos esteófitos marginais, irregularidade e alteração de sinal no platô inferior de L4, de aspecto degenerativo. Abaulamento difuso do disco de L4-L5 que ocupa o espaço epidural anterior e reduz a amplitude dos recessos inferiores dos respectivos forames neurais. Faço aplicação com laser e fisioterapia há 1 mês com o “choquinho” ,já sinto um alívio, consigo levantar as pernas, vou iniciar com RPG e hidroginástica, que segundo o médico é pra fortalecer os músculos.Minha dúvida é se o que tenho pode se agravar com um tratamento mal feito ? O tempo que fico na fisioterapia é de 20 minutos, está correto ? Qual o tempo indicado para o RPG ?
    No meu caso preciso fazer repouso ?Sou professora do ensino fundamental e trabalho em 2 horários. Estou de licença médica, sou muito ansiosa, meu problema pode evoluir para uma hérnia de disco?
    Por favor tire minhas dúvidas.
    Abraços,

    • Olá Luciane,
      Você não deve fazer repouso. Deve mesmo se movimentar. Fazer um mal tratamento não irá piorar o seu problema, mas também não irá resolver. 20 minutos de TENS está errado, como você mesma leu no post.
      Acredito que o RPG e a hidro ajudarão, mas você deve fazer um trabalho intenso de fortalecimento da musculatura das costas, e não apenas um realinhamento postural, como no caso do RPG.
      Sim, seu problema pode evoluir para hérnia de disco caso não seja bem tratado. Sugiro que contrate um personal trainer. Hoje em dia, os educadores físicos são profissionais m,ais aptos em fortalecer musculaturas específicas do que os fisioterapeutas.
      Caso tenha interesse, eu mesma posso te atender, pois também me especializei nessa área.

      Obrigada por participar do blog.

      Abraços,
      Dra.Virgínia Helena.

  70. ALFREDO JOSÉ DE OLIVEIRA MADEIRO disse:

    Boa noite Dra. Virginia Helena!
    Sou corredor de rua faz cerca de 10 anos, tenho 48 anos, 1,76m,70kg. Dia 23/07/2013, após um treino intervalado de corrida de rua, senti uma dor no meu pé direito. Fui ao médico e este me prescreveu um Ultrassonagrafia do pé lesionado. Marquei e consegui fazer o exame de ultrassom no sábado desta mesma semana Deu no laudo do exame: RUPTURA PARCIAL NA TOPOGRAFIA DO TENDÃO DE AQUILES NA SUA INSERÇÃO EM FACE MEDIAL POSTERIOR. TENDÃO DE AQUILES DE ESPESSURA NORMAL, APRESENTANDO ÁREA HIPOECÓICA, MEDINDO 0.5 CM, SITUADA NA SUA INSERÇÃO EM FACE MEDIO POSTERIOR.

    Já fiz 20 sessões de fisioterapia. Foi utilizado Laser e ultrasson, além de exercicios de fortalecimento fazendo uso de thera band, caneleira, exercicios de propriocepção etc.

    Estive no médico no último dia 03/09/2013, este passou mais 20 sessões de fisioterapia. Será necessário? Não estou mais sentindo dor no tendão lesionado.

    Fui a uma clinica e a fisioterapeuta me colocou tens falando que era para fortalecimento do tendão. Será? Eu não gostei? Não vi efeito nenhum. Ao contrário, a noite senti o tendão “pulsar” o que me casou preocupação. O que eu faço?: Quais os exercicios e aparelhos a serem utilizados nesta fase?
    .
    Att,
    Alfredo Madeiro

    • Olá Alfredo,

      Está parecendo que o tendão está reabilitado sim. Acredito que você deva continuar com os exercícios que aprendeu na clínica, mas em sua casa mesmo. Compre um theraband em alguma loja de esportes e dê continuidade. Volte para os treinos de corrida progressivamente, e converse com um personal trainer especialista em corrida para que ele dê uma olhada pessoalmente avaliando os impactos que isso possa ter na corrida.
      Com relação ao uso do TENS no fortalecimento, haha, esquece, realmente não é verdade. Até estou rindo enquanto escrevo, me desculpe, mas é cada coisa que leio aqui no blog, que desacredito que realmente existam profissionais tão ruins e incompetentes na área da saúde.

      Muito obrigada por participar do blog!!!

      Estou à disposição.

      Abraços,
      Dra.Virgínia Helena.

  71. ALFREDO JOSÉ DE OLIVEIRA MADEIRO disse:

    Boa noite Dra. Virginia!!

    Muito obrigado ! Já comprei uma faixa azul de Theraband, uma caneleira de 1kg para exercicios de fortalecimento no pé lesionado e uma bola de pilates. Eu, na verdade, não fiz os 20 min de Tens, viu logo que era “enrolação” da “fisioterapeuta”. Eu não retorno mais a esta clínica. Irei seguir os seus conselhos e praticar os exercícios em casa mesmo. Já estou inscrito num clube de corrida. O professor está passando para min as planilhas de treino de corrida bem leves. Estou progredindo aos poucos nos treinos de corrida. Hoje corri 10 km, caminhada e trote (leve) e não senti nenhuma dor no tendão. Irei me matricular no Pilates como forma de prevenção de lesão.
    Abraços
    Alfredo Madeiro.

  72. Wilza disse:

    OLA DR. VIRGINIA, TUDO BOM?
    EM JANEIRO DESSE ANO, ME SUBMETI A UMA CIRURGIA PARA RETIRAR UM NÓDULO ENTRE O OMBRO E A AXILA DO LADO DIREITO. DEI ENTRADA NA FISIOTERAPIA NO MÊS DE ABRIL, E DEVIDO AO ALTO NUMERO DE PESSOAS QUE ESTAVAM NA FILA DE ESPERA DA FISIO, SO VIM SE CHAMADA AGORA NO DIA 3 DESTE MÊS.
    DEVIDO AO TEMPO PARALISADO, FIZ UMA ULTRA SOM QUE DEU DISTROFIA MUSCULAR E BURSITE. FAÇO O CHOQUINHO E OUTROS EXÉRCICIOS, TIPO TENTAR LEVANTAR O BRAÇO DIREITO COM A AJUDA DO ESQUERDO, PUXAR O BRAÇO DIREITO POR TRAS COM A AJUDA DE UMA TOALHA., PELO MENOS 4 VEZES POR SEMANA NO MAXIMO POR MEIA HORA. GOSTARIA DE SABER, SE EXISTE OUTROS MEIOS PARA QUE EU VENHA MOVIMENTAR MEU BRAÇO PARA O ALTO O MAIS BREVE POSSIVEL.
    DESDE JÁ, AGRADEÇO.
    QUE DEUS A ABENÇOE GRANDEMENTE.

  73. Débora Santos de Souza disse:

    Ola Dra. Virginia,
    Primeiramente parabéns pelo trabalho.
    Fraturei a tíbia, coloquei uma haste intra-medular e o médico orientou para trabalhar panturrilha e alguns movimentos como bicicleta no ar até evoluir para ergométrica. e voltar a academia…
    O que esta me incomodando muito é a perda de massa muscular e como não consigo fazer muita coisa por só ter uma semana de cirurgia, gostaria de saber se colocar o tens na função fortalecimento eu vou ter uma boa resposta? Se existe algum problema por causa da haste de titânio? E quantas vezes posso fazer por dia ou por semana?

    Desde já muito obrigada,
    Débora.

  74. Claudiomar Danilo disse:

    Dra. Virgínia Helena,
    Primeiro quero parabenizá-la pela dedicação em manter seu blog atualizado, pelo respeito aos visitantes respondendo às suas dúvidas sempre com muito profissionalismo e nos passando muita credibilidade.

    Bem, sou mais um leigo com problema e cheio de dúvidas precisando de sua ajuda…rs

    Meu caso é que não sei como, nem mesmo quando exatamente, mas lesionei os ombros.

    Eu pratico futebol aos finais de semana e faz 1 ano que comecei a praticar musculação.
    Faz mais ou menos 4 meses que comecei a sentir dor no ombro esquerdo.
    Faço todos os movimentos nos dois ombros, não percebi perda de força também, mas quando eu giro o ombro esquerdo para frente (com o braço aberto, esticado, na reta do ombro) eu sinto uma pequena (mas incômoda) dor. Sinto esse mesmo incômodo no supino inclinado e no puxador de costas.
    Fiz 16 sessões de fisioterapia por indicação do instrutor da academia, mas não resolveu. Sentia como se estivesse fazendo musculação na fisioterapia…
    Resolvi ir ao ortopedista, que pediu ultrassom.
    Para meu espanto no ultrassom acusou que estou com os dois ombros lesionados!!!
    Segundo o ultrassom (igual para os dois ombros), a impressão ecográfica é de – tendinopatia supraespinhal e subescapular e com aumento de liquido intra-articular.Ecotextura hipoecogenica em área crítica, compatível com rompimento parcial de fibras.
    Estou terminando de tomar Artrosil e Baclofen, além de ter feito 10 sessões de fisioterapia…
    Bem, pelo que li até o momento nos posts, um engano de fisioterapia que quis tratar meu problema apenas com TENS e OC…
    O ortopedista proibiu de fazer esforço físico com os braços, mas procurei fazer alongamentos específicos para recuperação do manguito rotador (num outro blog de fisioterapia que achei muito bom também).
    O problema é que a dor piorou ao parar de fazer exercícios…
    Estou perdido sobre o que fazer…
    Poderia me ajudar?
    Grato pela atenção.
    Abraço.

  75. Maiara Pereira disse:

    Olá Dra. Tudo bem?
    Vou te contar meu caso. Tenho 20 anos e há 1 ano atrás descobri que tinha 3 hernias de disco na lombar (L3-L4, L4-L5, L5-S1), a principio me submeti a tratamentos com TENS, infra-vermelho e ultra-som com alguns alongamentos, depois fiz RPG e acupuntura, estava obtendo uma boa melhora, andando super bem e voltando a praticar atividades físicas!
    Mas no inicio desse ano me deu uma crise, a ponto de não andar… a médica queria me operar direto, mas meu medo e falta de dinheiro não permitiram e então voltei o tratamento desde o inicio, mas não obtive melhora, tirei raio x e acusou espina bífida sacral, o médico disse que era de nascença e não era isso a causa das minhas dores nas pernas e sim, as hernias. Mas já se passaram 5 meses e não desentortou minha coluna, muito menos consigo andar normalmente! Isso me entristece e muito, visto que estou me formando em Educação Física e pelo jeito não poderei atuar na área.
    O que devo fazer? Tento fazer alguns exercícios por conta mesmo, mas não volto a postura ereta, minha cabeça daqui a pouco encosta no meu pé do jeito que estou andando, rs. Fiz algumas sessões de RPG, mas não adiantou e parei com tudo, só estou a base de remédios e Fé em Deus!
    Sou do interior e gostaria de saber quanto custa em média uma cirurgia aí na capital? E se meu caso é cirúrgico mesmo?! Morro de medo de acabar em cadeiras de rodas :(
    Obrigada!

  76. dani disse:

    Olá Doutora, estou gestante de 6 meses e com problemas na coluna, nervo ciatico, minha medica passou fisioterapia de choquinhos, isso faz mal para o Bebê?? são 7 sessões em dias seguidos de 30 minutos cada..

    Obrigada

  77. ALFREDO JOSÉ DE OLIVEIRA MADEIRO disse:

    Boa tarde Drª.
    Fiz, hoje, dia 08.11.2013 e já estou em mãos com o resultado do meu exame de Ultrassonografia do tendão de aquiles do pé direito:
    “TENDÃO DE AQUILES DE CALIBRE NORMAL E TEXTURA HETEROGÊNEA, APRESENTANDO FOCOS HIPERECOGÊNICOS;
    GORDURA DE KAGER SUBJACENTE AO TENDÃO CALCÂNEO SURAL DE TEXTURA USUAL.
    AUSÊNCIA DE LIQUIDO NA BOLSA RETROCALCÂNEA SUBTENDINOSA;
    MUSCULO FLEXOR LONGO DO HALUX ANTERIORMENTE AO TENDÃO DE ASPECTO ANATÔMICO;
    CONTORNOS OSSEOS DE FACE POSTERIOR DA TIBIA LISOS E REGULARES,
    NÃO SE OBSERVA DERRAME NA ARTICULAÇÃO TIBIO-TÁRSICA;
    TECIDO CELULAR SUBCUNTÂNEO DE ESPESSURA E TEXTURA USUAIS

    CONCLUSÃO:
    TENDÃO DE AQUILES COM FOCOS DE CALCIFICAÇÕES;
    AUSÊNCIA DE OUTRAS ALTERAÇOES DETECTÁVEIS AO MÉTODO.

    Fiquei preocupado por que deu Tendão de Aquiles com focos de calcificações. É grave?

    Att.
    Alfredo Madeiro

  78. ALFREDO JOSÉ DE OLIVEIRA MADEIRO disse:

    Boa noite Drª
    Tem sentido o que uma fisioterapeuta de Maceió/AL me falou?: “a sua lesão não está curada. Os focos de calcificações irão rasgar o seu tendão”. “Somente tem cura com cirurgia”. Tem de fazer tens para fortalecimento e colocar o pé na parafina”. Achei muito estranho a colocação desta profissional. Ela fez a comparação do foco de calcificação com graos de areia que irão bater no tendão, rasgando com o movimento da corrida. É assim mesmo?
    Att.
    Alfredo Madeiro

    • Nossa Alfredo, que amadorismo. Se eu fosse você, pegava o número do CREFITO dela e denunciaria no Conselho Regional de Maceió. Não tem o menor fundamento o que ela está dizendo.

      Obrigada por participar do blog!

      • ALFREDO JOSÉ DE OLIVEIRA MADEIRO disse:

        Muito amadorismo mesmo Drª Virginia! Posso me considerar curado? E os tais focos de calcificações no tendão? O que é?

        • Pelo que você me falou Alfredo, talvez seja necessário uma avaliação específica para uma orientação de exercícios personalizados. Dessa maneira, nenhuma sequela permaneceria.
          Sugiro que procure um fisioterapeuta particular para isso!!!

          Abraços!

  79. ALFREDO JOSÉ DE OLIVEIRA MADEIRO disse:

    Obrigado Drª Virginia! Há risco de rotura do tendão com estes tais”focos de calcificações no tendão”? Será necessário alongamentos e exercicios de força para panturrilha? Procurei duas fisioterapeutas de Maceió/AL; mas, estas não me souberam explicar, tampouco o meu médico ortopedista. Não sei a quem mais recorrer na minha cidade?

    • Não acredito que há riscos de rotura do tendão. Os alongamentos te darão flexibilidade na musculatura, e o fortalecimento, te dará maior quantidade de fibras musculares. Você deve fazer sim, mas com orientação. Infelizmente não tenho contatos em Maceió. Caso tenha interesse em vir a SP, me coloco à disposição para atendê-lo.

  80. andréa disse:

    vou fazer um trabalho na escola e preciso saber quais os materiais que são usados na fisioterapia por que fazer fisioterapia,quanto tempo as pessoas se recuperam e etc mais acho que vou conseguir tudo o que preciso aqui!se não, peço a vocÊ dono(a) do blog que faça um tópico falando disso, ajudará a mim! obrigada!

  81. sonia disse:

    Dra Andréa , estou muito preocupada

    Fiz cirurgia no meu tornozelo devido a uma fratura bimaleolar , e usei tala gessada por mais de 40 dias. Acontece que o meu tornozelo está “travado” na posição equino e não consigo colocar o calcanhar no chão. Tirei o parafuso de sindesmose há alguns dias e o meu médico ainda não receitou fisio. A fisioterapia vai fazer meu pé voltar ao normal Grata Abs

    • Olá Sonia,
      Obrigada por participar do blog.
      O seu médico está bem errado. Você deve iniciar a fisioterapia o quanto antes, pois quanto mais tempo passar, mais lenta e demorada será sua reabilitação. Provavelmente você ficou com o pé engessado na posição errada.
      Sugiro que procure um fisioterapeuta particular, para que possa avaliar o seu caso com minúcias e traçar a melhor conduta de tratamento. Não faça a fisioterapia do convênio, pois eles farão apenas 10 sessões com eletroterapia (analgesia) e exercícios sem orientação.
      Estou à disposição para esclarecer qualquer dúvida.

      Abraços,
      Dra. Virgínia Helena.

  82. sonia disse:

    Descupe , errei o seu nome , coloquei Andréa e é Virginia . Perdão.

  83. sonia disse:

    Dra,
    Fiz cirurgia no meu tornozelo devido a uma fratura bimaleolar , e usei tala gessada por mais de 40 dias. Acontece que o meu tornozelo está “travado” na posição equino e não consigo colocar o calcanhar no chão.Hoje foi a minha segunda sessão de fisoterapia .É normal logo no inicio forçar muito forte , o pé para frente e para trás ? O médico deu uma guia escrito assim: ADM e força muscular Por favor apreciaria muito a sua resposta!

  84. elismar mendes silva disse:

    Dra Virgínia tenho muita dor ,dis meu medico que é bico de papagaio,e um pouco de desgaste,a dor ao movimentar,ou agachar,peso nem pensar,as veses não consigo nem dormir,tudo que ele me receita écetoprofeno,tenho medo de tomar tanto e prejudicar outras,me passou 10 sessões de fisioterapia com aquecimento,depois choquinho,melhorou,tipo enquanto faço todos os dias não sinto tanta dor aguda,posso me movimentar e ate trabalhar em minha casa,andar de bicicleta que eu adoro,mas ficar sem a fisioterapia ,pronto,dor dia e noite.meu convenio me da direito só 20 sessões mês.estou pensando em comprar um aparelho,de choquinho,pois ,também lá na clinica que é a mais citata da cidade só coloca 15minutos.que conselho,vc pode me dar,posso ta fazendo isso em casa? e quais os exercício posso fazer para melhorar?peço que me perdoe a ansiedade,fica meus parabéns a senhora por este trabalho,e feliz natal,cheio das mais ricas bênçãos sobre sua vida e de seus familiares.

  85. Cristina Abi Jabbour disse:

    Olá Dra. Virgínia!

    Primeiramente parabéns pelo Blog. Ele tem orientado e ajudado muitas pessoas!

    Tenhos duas quaestões por gentileza:
    Estou fazendo sessões de fisioterapia devido a uma discreta bursite trocantérica na região perto da virilha. Inicio as sessões com o ULTRASSOM e logo após tenho feito os alongamentos. A fisioterapeuta parou de usar o TENS pois disse que ele funciona apenas para dor constante e não para aquela dor que aparece quando há movimento. Está correto?

    Hoje a noite, após a sessão, estou sentindo dor na lombar/ pequena queimação, local onde foi aplicado o ultrassom (ele é aplicado na lombar e região da verilha).Existe algum efeito colateral/adverso no uso do ultrassom? Qual é o tempo ideal para relaxar a região?

    Muito obrigada!
    Cristina Jabbour – SP

    • Olá Cristina,
      Obrigada por participar do blog!!

      Sua fisioterapeuta está correta em suspender o uso do TENS.
      O trocanter maior do fêmur se localiza na região externa da coxa. A sua dor na região da virilha é provavelmente uma consequência da região lateral. Não é a raiz da dor. O ultrassom deve ser aplicado no trocanter, e não na virilha. A queimação que está sentindo é porque é totalmente contra-indicado o uso de eletroterapia próximo à região genital. Sugiro que converse com ela e peça para que suspenda o uso do ultrassom nessa região. A fisioterapeuta deve saber o que é dor por causa e dor por consequência.
      No seu caso, ela acertou em uma coisa, mas errou em outra.
      Espero ter ajudado.

      Tenha uma excelente 2014!!!!

      Abraços,

  86. Cristina Abi Jabbour disse:

    Virilha e nao Verilha!!!!

  87. Jhosy Lephor disse:

    Olá Dra. Recentemente fui diagnosticada com uma leve TENOSSINOVITE DE QUERVAIN. Primeiro o médico imobilizou minha mão,o que pirou os sintomas.Então,após um usg me mandaram para a fisioterapia.Comecei hoje e,apesar de cedo,vi uma pequena melhora,mas a noite senti coisas que antes não sentia.
    Gostaria de saber se é normal sentir dormência e ter a sensação de ainda receber esses choques…
    Nunca fiz fisioterapia antes e ela só usou o TENS no meu pulso,então estou confusa se essas sensações são comuns após o tratamento ou se é um sinal de piora.

  88. luiz disse:

    boa tarde posso fazer uso do tens para dores no pe tipo neuropatia ,vc acha valido

  89. Callyna disse:

    Boa Noite Dra. Virginía. Tire-me uma dúvida por favor..quantas vezes ao dia o tens pode ser utilizado? Mais que uma pode?

  90. carolina napoli disse:

    Dra, boa tarde
    Eu pesquisei muito na internet
    Estou com desidratação discal lombar 3 ultimos discos. E me passaram fisioterapia, na minha clinica só tem esse choquinho, que fico por 20 minutos, sentada numa cadeira desconfortavel, já estou na 6ª sessão não sinto alivio das dores. Apelei para acunputura..que melhorou um pouco, a dor que sinto é no quadril, principalmente do lado esquerdo, quando ando, cruzo as pernas ou fico muito em pé.
    Eu estou cansada de procurar uma solução, nenhum profissional tem me ajudado a resolver, estou com muitas dores, preciso emagrecer urgente mas não consigo fazer uma caminhada…
    O que posso fazer para resolver?
    Obrigada

  91. cléa rawicz disse:

    Dra,bom dia. Foi diagnosticada uma tendinite no quadril através de raios-x e ultrassonografia pelo médico da clínica. O tratamento prescrito foi micro-ondas e tens pela fisioterapeuta . Completei 30 sessões,mas o resultado foi mínimo,pois sinto muitas dores ao caminhar e subir escadas. Não sei o que poderia ser feito para obter cura.Parei de fazer musculação desde o início do problema e acho que o mesmo foi gerado por ter sido colocado muito peso na cadeira de abdução por orientação do professor. O seu blog demonstra o seu empenho em ajudar as pessoas e também o seu alto nível de conhecimentos e, tenho a certeza, de que deve ser acompanhado por boa competência profissional.Agradeço desde já a sua atenção.

  92. Jose Carlos disse:

    Ola Virginia

    Muito interessando o seu blog, bastante instrutivo e orientador, parabéns.

    Tenho uma duvida, já sou adepto da terapia tens, tanto que gostaria de comprar um equipamento portátil para ter em casa. Mas na internet existe um mundo de informações a respeito bem como um milhão de aparelhos disponíveis e não sei bem ao certo o que devo comprar. Gostaria de uma indicação de o que precisa para um aparelho ser considerado bom? Frequencia, potencia??? Não sei bem ao certo.

    E se possível vc poder me indicar um com boa relação custo beneficio agradeço

  93. jr disse:

    Blog FANTASTICO e a responsável super solícita , parabéns .
    Aproveito para pedir dicas para meu caso , segundo o ortopedista estou com epicondilite (cotovelo direito) e estou em tratamento com fiosioterapia , já fiz mais de 15 sessões e para ser sincero , nada de melhora , sinto dor até ao pegar uma garrafa de água na geladeira .
    Foi usado TENS , ultrasom , gelo e exercícios na piscina .Como estou fazendo pelo plano de saúde , acho que o tempo das sessões não são suficientes ( em média 30 minutos ).
    Algo que eu possa fazer em casa para ajudar na recuperação ?
    Grato .

    • Olá Jr,
      Desculpe pela demora, mas tenho ficado um pouco ausente do blog ultimamente.
      Me parece que a conduta que mais terá efeito são os exercícios na piscina. Recomendo que continue.
      Esqueça o TENS. O US pode ajudar se estiver inchado.

      Obrigada por participar do blog.

      Abraços!!

  94. Jonny disse:

    Ola doutora. Sinto uma dor no pulso e no dedo polegar da mão esquerda, essa dor teve inicio depois de uma queda de moto. A dor no polegar dificulta ate abrir garrafas de refrigerante. Pode ser tendinite? Oque seria a tendinite nesses locais onde sinto dor?
    Obrigado.

    • Olá Jonny,
      Talvez.
      Você pode ter machucado a articulação também fazendo algum movimento brusco e não notar.
      Provavelmente quando você caiu, machucou o dedo.
      Faça gelo quando doer, e procure fazer uma ressonância magnética ou ultrassom dessa região para termos um diagnóstico mais embasado.

      Obrigada por participar do blog.

      Abraços!

  95. Priscila disse:

    Boa tarde.

    Excelente blog.

    Eu sofro de condropatia patelar com derrame de líquido em ambos joelhos. Faço fisioterapia para reabilitação e controle da dor há 2 meses (20 min. de tens, 20 min. de infra vermelho e uso daquela caneta laser). Mas, sinceramente não houve mudança no quadro clínico. Demora assim mesmo para surtir efeitos?

    Grata, Priscila.

    • Olá Prscila,
      2 meses é um excelente tempo para se ver resultados nessa patologia. Certamente o seu tratamento está incompleto. Não bastam os aparelhos. O fisioterapeuta já deveria ter entrado com uma sequência de fortalecimento da musculatura. O uso do TENS só é efetivo após 40 minutos de uso.

  96. Noemi Kuster disse:

    Olá!
    Na realidade gostaria de orientação. Minha mãe tem 78 anos e tem sequela de AVC e não consegue sair de casa para fisioterapia pois tem cervicalgia pois teria que pegar ônibus e não poderia fazê-lo sozinha, reside em Bairro longe do centro. Minha questão é que gostaria de comprar um aparelho que ela conseguisse utilizar em casa para melhorar a dor cervical. O aparelho de “choquinho” poderia ser utilizado neste caso sem profissional fisioterapeuta?
    Grata. Noemi

  97. zé miler disse:

    parabens dra pelo seu blog tenho uma duvida tenho dor no nervo ciatico ja bem cronica a fisioterapia com o tens e alongamento vai me ajudar ? ou entao qual seria o melhor tratamento? obrigado

    • Olá Zé,
      Irá ajudar sim, mas será paliativo. Tente descobrir a causa do pinçamento do nervo ciático e então tratar. Geralmente o diagnóstico se dá por alterações posturais.

  98. Alisson Frota disse:

    Bom dia, Doutora!
    Li seu blog e fiquei com uma enorme dúvida, pra não dizer certeza. Acabei de fazer 10 sessões de fisioterapia utilizando o TENS, Infra vermelho e ultrassom. Passei 10 sessões usando isso todos os dias. Pois bem… meu problema é a dor no ombro TODA VEZ QUE JOGO VOLEI. Fiz ressonância e acusou uma leve bursite. Nos comentários finais diz:
    -Tendinopatia importante do subescapular sem rupturas
    -Leve tendinopatia do supraespinhal sem rupturas
    -Sinais de discreta bursite subacromial-subdeltoidea
    Pelo amor de Deus… me diga que isso não adiantou nada. Por que a fisioterapeuta disse que com certeza melhorou bastante.Só que ainda não joguei pra ter certeza disso.
    Vou fazer o teste hoje pra ver se realmente melhorou.
    Diante disso tudo… quero uma opinião sua: O que devo fazer, caso volte a dor no ombro, pra melhorar a dor e continuar jogando. Tenho uma enorme saudade de jogar como jogava antes, de massacrar a bola nas quadras de vôlei, mas, com a dor no ombro, fica difícil.
    Espero retorno seu!
    Abraços

    • Olá Alisson,
      Está certo que você tem várias inflamações no ombro, em diferentes estruturas. O infra-vermelho e o US são bastante indicados para diminuir a inflamação. Já o TENS, na minha opinião não contribui em nada.
      Você deve fazer um trabalho específico de mobilidade e fortalecimento das estruturas acometidas, para que o tendão não “esgarce” por falta de força no músculo e inflame.
      Sugiro procurar um tratamento fora do convênio, pois este é bastante limitado com relação às técnicas utilizadas e sempre prescrevem “10 sessões”.
      Caso você seja de SP, me coloco à disposição para marcarmos um avaliação.

      • Alisson Frota disse:

        Fico grato pelo retorno. Se eu fosse de SP, já teria ido lhe fazer uma visita. rsrs…
        abraços e sucessos!

  99. lucas disse:

    Bon dia,
    Faço tratamento de choquiho, Devido a dores no pé, o raio x deu um leve desgaste no osso, e sinto que eu tenho má postura só Pisar.
    To no tratamento certo?

    • Olá Lucas,
      Você está fazendo o tratamento errado. O TENS é um aparelho de analgesia, e sozinho, irá tirar apenas a dor. Você deve procurar um fisioterapeuta fora do convênio, que faça uma avaliação minuciosa da região e selecione as melhores técnicas para o seu caso.
      Caso você seja de SP, me coloco à disposição para atendê-lo.

  100. Gleisson Rodrigues disse:

    Dra. Virgínia

    Bom dia!

    Primeiramente quero te parabenizar pela explicação, muito bom mesmo. Então vamos la tenho 26 anos, em 2012 resolvi perde uns kg pois estava obeso com 104, kg tenho altura de 1,80, ai perdi 14 kg, um dia estava jogando bola e levei um pancada forte no tornozelo, e continuei com os treinos na academia(esteira), joguei novamente e levei outra no mesmo local, ai certo dia não conseguir mais colocar o pé esquerdo no chão, fui diagnosticado como esporão, logo tomei os remédios, e logo começou a doer o pé direito, comprei as palminhas e fiz algumas fisioterapias, não adiantou, e passou a doer os dois pés por inteiro, fui novamente e outro médico diagnosticou como fascite plantar, e me disse que demoraria de 7 meses a 1 ano em repouso total para melhorar fiz de 4 a 6 meses mais sem sequencia devido meu trabalho,e tive depressão e engordei pois jogava bola todos os dias, mas no meio de 2013 resolvi fazer academia e melhorou um pouco, bom no final de 2013 resolvi fazer tratamento por ondas de CHOQUE fiz 3 sessões e mais duas no mês de Abril de 2014, que me custarão 2000 R$ e melhorou muito pouco,, agora em 2014 faz 3 meses que faço 4 sessões de fisioterapia (Tens) e 2 sessões de acupuntura de segunda a sábado, na fiso faço alongamento da panturrilha e ,massagem com um bola, porem o TENS fica somente 20 minutos, e meu tornozelo esquerdo que foi onde tudo começou não e manipulado isto esta certo? Qual deveria ser o tempo correto?Faço também alongamentos em casa e gelo sempre que possível no minimo 1 vez apos as fisioterapia. Uso palmilha personalizada, tenho pisada Pronada, comprei mais 3 tênis novos. Trabalho com telecomunicações dirijo muito e desço constantemente do carro, subo em torres de telefonia pela escada, subo escadas de prédio com peso(mochila) O que vc indica, sera que meu caso e de cirurgia? Se pode me ajudar lhe agradeço muito!!!!

    • Olá Gleisson,
      O seu caso é mais sério. É difícil dar alguma dica sem realmente olha para o seu pé e fazer uma avaliação mais minuciosa. Certamente você deve suspender o uso do TENS, pois além dele ter um efeito apenas de analgesia, e não de tratamento, seu uso efetivo ocorre após 40 minutos.
      Caso voc~e seja de SP, me coloco à disposição para atendê-lo.

  101. Mrad disse:

    Deixo uma pergunta- assim que coloquei os eletrodos na fisioterapia, minha batata da perna deu um nó,, uma caimbra hororosa, nem a fisioterarpeuta soube explicar? pode me dizer oque deu errado?

    • Olá Mrad,

      Em primeiro lugar, péssima fisioterapeuta.
      Em segundo lugar, explicando o que houve: a frequência do aparelho estava muito alta e contraiu sua musculatura acima do limiar. A falta de oxigênio na musculatura na hora da abrupta contração gerou a cãibra. Certamente é uma profissional que deveria ser denunciada ao CREFITO por não saber usar o equipamento mais popular da fisioterapia.

  102. Everton Coelho disse:

    Bom dia Dra!

    Poderias me tirar uma dúvida… Estou com tendinose femoral e me indicaram o TENS juntamente com ultra-som… Será que esse tratamento vai fazer efeito? Pois não confio no TENS. Sabes me dizer oque posso fazer para tratar essa tendinose?

    Muito bom seu blog… Já coloquei no meus favoritos.

    Fico no aguardo!

    • Olá Everton Coelho,
      Obrigada por acessar o blog.

      O TENS á apenas um analgésico. Não o julgo como tratamento, e sim como uma técnica complementar. O US é muito legal de se usar, pois tem um efeito anti-inflamatório.
      Você deve treinar mobilidade da região, respeitando as amplitudes do movimento e a dor. Mas deve evitar as imobilizações ou repouso na região.

  103. s.maria disse:

    Dra VIRGÍNIA ,
    Apreciaria muito a sua opinião.

    Fiz cirurgia tornozelo devido fratura bmaleolar com colocação de uma placa metálica com 5 parafusos.Meu médico disse que quando tiver um ano de cirurgia se eu quiser , poderá ser retirado esses implantes . Estou muito indecisa: tiro ou não? Se ficar com eles para sempre , futuramente poderei ter algum problema? Ou é melhor logo retirar? Grata

    • Olá S. Maria,
      Tirar os parafusos requer uma nova cirurgia. Você deve analisar a relação custo x benefício disso. Por outro lado, se você permanecer com os parafusos, a menos que sejam de titânio, você corre o risco do seu próprio organismo rejeitar essas estruturas.
      Converse com um segundo médico.

  104. Samuel Xavier disse:

    Doutora. Olha estava acompanhado as mensagens aqui, não achei nada específico perto do que eu estou passando. Eu joguei bola no esporte clube são Bento de sorocaba. Nesse período eu tive uma inflamação na patela do joelho, não fiz ressonância e tratei apenas com o “choquinho” ( TENS ) fazia alongamentos. Em 3 meses vou tei a jogar bola. Mas o problema que depois disso tive uma ruptura parcial no tornozelo trarei também com o TENS. Mas agora eu voltei a sentir dores no mesmo joelho e igual a lesão anterior. Fui ao médico fiz a ressonância. Realmente deu uma pequena inflamação na patela do joelho. Mais o meu problema é que as condições está difícil. E não estou mais no clube. Por eu jogar na base não tinha contrato então fui dispensado. Agora não tenho como tratar estou pensando em comprar o TENS e fazer o que eu fazia antes. GELO E TENS AO MESMO TEMPO. Depois de 1 ou 2 meses começar com o fortalecimento. Queria que a senhora me ajuda-se obrigado viu ?

    Que Deus abençoe sua vida.

    Obs: estou querendo fazer faculdade de E .D FÍSICA E FISIOTERAPIA. Pois amo o esporte e essas partes fisiológicas. . Obrigado aguardo a resposta.

    • Olá Samuel,,
      Obrigada por participar do blog.
      Eu não indico a compra do TENS porque há vários parâmetros a serem ajustados de acordo com a fase da lesão. Também indico o fortalecimento do músculo imediato, não após 2 meses.

  105. jose alberto de lucca disse:

    jose alberto de lucca

  106. jose alberto de lucca disse:

    Drª Virginia,
    Saudações,

    me chamo De Lucca, completei 48 anos recentemente, mas infelizmente aos 47 anos por problemas de stress no serviço, tive uma queda súbita de pressão arterial, ao qual sofri uma queda da própria altura e quebrei o colo do f~emur da perna direira no dia 25/03/14, passei por tr~es hospitais e no dia 11/04/14 fui operado no hospital do servidor público estadual, tudo para mim foi muito difícil e complicado após a fratura, os médicos decidiram colocar uma endo-protese ao qual, sinto muita dor, evito de tomar o remédio tramadol mais dipirona, mas tem horas que não dá recorro ao remédio tamanha dor, já fiz 20 sessões de fisioterápia em casa, com bola, entra as coxas, com correia para fortalecimento da musculatura, entre outro exercícios apoiado na parede, estou andando de andador consigo por o pé operado totalmente no chão, mas ainda não adquiri forças para descarga total de peso, e o médico que me operou disse que no dia 03/07 próximo quer me ver andando, não sei como sem auxillio de andador ou cadeira de rodas, como a fisioterapeuta vem em minha casa 2 dias da semana, resolvi complentar os exercícios numa clinica perto da minha casa aqui em são Miguel paulista, são Paulo, capital, estou na 5 sessão, e toda vez que faço os exercicíos que por sinal são os mesmo que faço em casa, em cima da cicatriz da cirurgia que é de quase 30 cm, me passam o “choquinho”, as dores continuam mesmo usando bolsa de gelo, tenho observado que a cicatriz tem clareado a cada dia, porém gostaria de perguntar a senhora por favor, quanto tempo mais preciso para andar sem apoio de bengala, andador, comecei a andar com a bengala mas esta muito difícil, porque após a marcha la vem a dor insuportável, os fisioterapeuta falam em 4 meses, outros em 6 meses, outros em 1 ano, preciso voltar as minhas atividades, tudo que depende de mim esta parado ou lentamente se caminhando, preciso ter a vida ativa como era antes, agradeço a deus por não ter morrido na queda que sofri pois poderia ter sequelas muito graves no cérebro com o tombo, também gostaria que através do e-mail a senhora me informasse valores em domiciio.
    obrigado
    De Lucca

  107. silvio disse:

    meu nome é silvio bom dia sou alagoano e gostei muito do papo sobre um assunto muito importante que vem tirando o sossego de muitas pessoas que tem problema de coluna, tenho escoliose 2 hernia de disco lombar e foi constatado agora que ue tenho mielopatia qual seria o procedimento para viver uma vida tranquila e sem tomar remedio.

  108. Daniel disse:

    Dra Virgínia,

    Venho sentindo dores apenas na região lombar há bastante tempo e somente ao realizar atividades físicas como correr ou levantamento de pesos na academia. Depois de muito tempo sem solução, pedi ao meu clínico geral que realizasse uma ressonância, onde foi constatado leve abaulamento difuso de disco L5-S1.
    Meu ortopedista já recomendou pilates e natação, mas não gostei de ambos pois senti incomodar bem a lombar ao praticá-los, mais do que sinto na academia.
    Já faço academia há uns 1 ano e meio com personal, voltado a fortalecer os músculos da região, e embora já tenha notado melhoras a dor ainda permanece em diversos exercícios, principalmente com carga intensa.
    Gostaria muito de me ver livre dessa dor para poder realizar atividades físicas e me sentir bem, que tratamento a senhora recomendaria?
    Infelizmente moro no Rio de Janeiro e não posso me consultar com a senhora.

  109. Marta Helena V.Rachid disse:

    Boa noite Dra Virgínia,
    Sou muito curiosa,e pesquisando na net achei seus comentários sobre fisioterapia.Estou fazendo Tens por 15 min,infravermelho 15 min,e um pouco de alongamento leve.O médico indicou só analgesia,pois estou com muita dores lombares,lado esquerdo, coxa e virilha(hérnia de disco( extrusão) artrose no quadril)tem mais algumas coisinhas que não entendi bem… eu não consigo ficar muito tempo em uma determinada posição,a única q me dá menos dor é deitada,fico alternando as posições porque dói demais,fico meio inclinada para frente, pois não consigo ficar reta que dói muito.Complemento o tratamento com remédios,e tbém alongamento na medida do possível(não forço),e infravermelho 15 mim em casa tbém.Essa fisioterapia que estou fazendo achei que não irá fazer muito efeito,pois voltei para casa com mais dores,e não durmi direito a noite toda,nem com os remédios.Devo parar e trocar de fisioterapeuta ou conversar com ela e com o médico.Ele me disse que está fazendo o possível para não me operar.Aguardo sua opinião e agradeço a atenção com seus seguidores,Att
    Marta

  110. Sérgio Arari Traldi de Carvalho disse:

    Dra. Virgínia, meu nome é Sérgio e estou aqui para ter uma opinião sua sobre meu caso. Eu fazia academia e não era sedentário e um dia acordei com uma dor no fim da coluna perto do cóccix, como achei que era mal jeito não dei muita importância, como não melhorou procurei um ortopedista que pediu um Rx e disse que era ma postura e já fiz mais de 40 sessões de fisioterapia, sendo que nesse intervalo tive um dor terrivel do pescoço, eu já troquei colção, travesseiro e a dor melhora um pouco qdo eu faço os exerecícios que aprendi na fisioterpia, noto que se faço um esforço maior doi mais, eu pergunto para o médico e ele não fala se eu posso fazer pilates, rpg, acunpuntura e a dor continua, eu estou pensando em procurar outro médico, mas gostaria de saber sua opinião sobre o caso. Grato SATC.

  111. Flávio Castaldelli disse:

    Dra. Virgínia, bom dia.

    Parabéns pela explicação do “TENS”. Esse aparelho de choquinho eu não conhecia…

    Permita-me explicar o meu caso.

    Eu comecei a ter dor na planta do pé esquerdo em março/13. Eu imaginei que fosse pela minha atividade física intensa, afinal estava fazendo academia de segunda à sexta com aulas coletivas (Power Jump, Body Combat, Body Attack, RPM, Body Step, Body Pump), fazendo também musculação, fazendo treino de corrida (Bio Running) e andando de bike quinta à noite (25km) e domingo de manhã (60km). E aí a dor veio intensa. Muito, muito forte. Procurei um ortopedista que me solicitou várias radiografias do pé (em várias posições) e um ultrassom. No retorno, constatou que não era esporão do calcanho, e sim fasciíte plantar, que é inflamação da fáscia plantar. Diante da dor muito forte, ele aplicou uma injeção na minha sola do pé esquerdo. Não me recordo do que era feita essa infiltração (algo corticoide se é que isso chama-se assim). A aplicação da injeção doeu muito, mas a dor de fato passou em questão de horas. Recomendou fisioterapia e eu tomar Profenid Protect por alguns dias. Fiz a fisio, com muita descrença, pois o local parecia um salão de cabeleireiro com uma falação sem fim das mulheres com as fisioterapeutas. Uma fofocaiada sobre televisão e artistas que parecia uma loja da Rua 25 de Março, o que incomodava, pois as pessoas estão lá não pq querem ficar bonitas como num salão de beleza e sim para tratar uma doença e, nesse caso, são pacientes que precisam de silêncio e paz. Sem falar que achei estranho a fisioterapeuta estranha, pois ela era insegura nas respostas das minhas perguntas. Sei que melhorou com o tempo. Lembro também que o médico ortopedista tinha me dito que poderia ser meu peso, sapatênis de sola muito baixa e sem amortecimento, pisada errada, tênis errado, etc. Parei tudo e mantive somente a musculação para reduzir peso. Não corri mais, nem andei de bike e muito menos aulas coletivas na academia. Parei com o sapatênis e mudei de tênis. Sei que a dor foi sendo mantida menor e menor, mas sempre presente, nunca extinta. Comecei a fazer somente Body Balance, pilates e Bio Postural Flex para um melhor alongamento do corpo. Comecei também a fazer alongamento no pé esquerdo, para alongar a fáscia. Agora parei tudo por conta da faculdade/tcc e acontece que a dor voltou novamente em julho/14. Novamente muito forte. Até associei a dor ao clima, que assim que ficou frio em SP, a dor voltou. Novamente fui a outro ortopedista, que me avaliou e contei toda essa história e me deu uma injeção no pé (a segunda) e me passou para fisioterapia, 10 sessões iniciais. Aí é que está. Meu tratamento até o momento (estou no 6º dia) foi:
    - (choquinho) Tens por 15 minutos
    - (calor) Ondas curtas por 15 minutos
    - Ultrassom por 5 minutos
    Não necessariamente nessa ordem. O box que estiver livre faço primeiro. Depois mudo de box para fazer outro. Cada um em um box… O médico pediu pra não tomar o Profenid Protect pq quer ver se a fisio vai dar algum resultado. Mas a dor não passa. A fisio está muito ruim. :(
    Gostaria de saber, diante desse meu caso, se posso contestar os procedimentos dessa fisioterapeuta, não no mal sentido, de culpá-la ou achá-la péssima profissional, mas questionar que li na internet o uso do TENS por mínimo 40 minutos para começar a fazer efeito. Dá impressão que o local como atende convênio de pobre e sou pobre, não podem se dedicar mais tempo ao paciente. E aí só 15 mins de TENS e já vai pra outro e outro e outro… O que vc indica pra mim que sou pobre e só tenho convênio da empresa (Unimed Fesp)? Se puder me ajudar lhe agradeço.

  112. Renata disse:

    Bom dia dra. Virginia. Achei seu blog por acaso, pois depois de passar por dois ortopedistas que nem sequer me pediram um exame, resolvi pesquisar mais a respeito de dores na coluna. Infelizmente nos sentimos órfãos de bons profissionais. Um deles ainda me disse que sou muito nova para ter algum problema sério, não necessitando de nenhum exame, sendo que estou com 34 anos. Estou fazendo fisioterapia, mas ainda não obtive melhoras. Por favor, gostaria de lhe pedir uma indicação de ortopedista no Rio de Janeiro. Desde já agradeço. Renata

  113. Glenda disse:

    Boa Noite Dr. Virgínia, me tira uma dúvida. Começei com umas dores musculares, fiz todos exames quanto da lombar e cervical, Não acharam nada, mas me disseram que fortalecimento muscular e nódulos de tensão. Me prescreveram muito alongamento e 10 sessões de fisioterapia, vou fazer a terceira, não vi melhora alguma, quanto mais alongo mais dói, é normal?Não to colocando muita fé nisto! É o caminho certo? Fico com aquela bolsa quente por enquanto mas não vejo nada de melhora. To ficando desesperada, to depressiva, chorando á toa

  114. cilas disse:

    se eu tomar choquinho por mais de 2 hs ,tem algum riscos, tem alguma contra indicação.o choquinho..

  115. Edison Salgado disse:

    Parabéns, pelo empenho profissional em responder todos os questionamentos. Isto é muito raro hoje em dia e principalmente em se tratando de problemas alheios. Parabéns, mesmo.
    Um forte abraço
    Edison

  116. Jorgina Macedo disse:

    Olá Drª Virginia ao ler os comentários sobre o Tens lembrei q foi diagnosticada com uma doença nos dedos como dedo em gatilho me indicaram fisioterapia e lá usava apenas o infra, TENS e a ultrassom e não tive melhora após um ano com a doença fiz uma cirurgia em agosto e não deu resultado o médico diz que evoluiu para aderência tendinosa, agora faço fisioterapia com exercícios e por ultimo o choquinho porém os dedos continuam rígidos e a doença já apareceu no polegar direito, será q os dedos voltarão a ter os movimentos, e polegar terá resultado só com exercícios?

  117. cleiton disse:

    muito bom o seu blog parabens!!! meu caso é meio complicado dizem os medicos que tenho costocondrite(inflamacao musculo esqueletico do esterno) a dor irradia por todo o torax lado esquerdo e direito….fiz eletro e ecocardiograma e teste de esteira e diz os cardiologistas que graças a deus nao é nada de coração…. mas as dores sao terriveis parece ser ataque cardiaco….fiz 10 sessoes de fisioterapia e 10 sessoes de acupuntura…melhorou um pouco a dor mas ainda nao desapareceu a dor…tem dais bons e dias com dor tipo tendinite….moro em jacareí-s.p voce conhece ou ja fez tratamento com alguem com este problema????mande algumas sugestoes para mim por email….

  118. Fabrizio Mei disse:

    Boa noite Drª Virginia, seu post foi de grande utilidade e bem esclarecedor. Descobrimos a uma semana que minha mãe está com artrose no joelho, passamos por um ortopedista e o mesmo (desculpe a sinceridade), nem um pouco gentil ou educado, simplesmente falou para minha mãe que a artrose não tem cura, que tem que aprender a conviver com a dor, indicou um tratamento com medicamento manipulado por 1 ano e 10 seções de fisioterapia. Minha mãe ainda está no começo, apenas uma semana e todos os dias apenas com o choquinho, conversei com a fisioterapeuta e a mesma me informou que minha mãe não pode fazer exercícios, apenas o choquinho pois está com o joelho inflamado, o médico falou que anti-inflamatório não vai resolver (tem que aprender a conviver com a dor), porém não consigo acreditar nisso, em pleno ano de 2014 e uma pessoa com 66 anos tem que se conformar com isso? Dor e ponto? Diversas pessoas na qual contei estes acontecimentos me perguntaram se o médico não indicou seções de infiltração, me falaram que cerca de 3 ou 4 seções podem gerar alivio de dores por até 6 ou 8 meses, mas o médico não indicou nada disso, apenas o choquinho que obviamente não está tendo resultado. Entendo que a artrose não tem cura, mas certamente existem formas de se aliviar as dores, sinceramente estamos perdidos sem saber o que fazer, teremos um retorno no médico na próxima semana e então veremos quais serão as respostas.
    Mais uma vez parabéns pelo conteúdo, agora já tenho a certeza de que realmente não está tendo nenhuma evolução no caso da minha mãe.

    • Olá Fabrizio,
      Obrigada por escrever.
      Você esta certo em se questionar. Os sistemas de saúde no Brasil estão corrompidos, sendo públicos ou privados. Entrarei em contato por e-mail com você. Espero poder esclarecer suas dúvidas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s