Reabilitação Cardíaca – qual a sua finalidade?

Idealizada inicialmente para portadores de doença coronária, a reabilitação cardiovascular (RCV) abrange também os pacientes com hipertensão arterial (HAS), doença arterial periférica, valvopatia, cardiopatia congênita, particularmente na sua fase pós-operatória e, mais recentemente, insuficiência cardíaca e transplante cardíaco.
Desde os achados iniciais da década de 60, cresce o número de evidências de que o exercício físico de baixo impacto e baixa intensidade oferecem baixo risco à saúde e uma considerável melhora na qualidade de vida quando supervisionados dentro de um treino aeróbio por um educador físico ou fisioterapeuta.
Dados encontrados na literatura demonstram que o impacto do treinamento físico associado a uma mudança no estilo de vida diminuiu a mortalidade cardíaca de 20 a 35% e, na evolução do indivíduo com infarto agudo do miocárdio (IAM), Kavanagh e colaboradores demonstraram que o exercício programado e supervisionado conseguiu reduzir de 30 para 18% as complicações do IAM, relacionadas principalmente à síndrome depressiva pós evento. Ainda nesta década, Ornish e colaboradores e Schuller e colaboradores demonstraram que, ao lado da dieta, a RCV contribui também na regressão da placa aterosclerótica.

Na fase inicial da reabilitação pretende-se melhorar a qualidade de vida e saúde sem a preocupação imediata de perda de peso. À medida que se prolonga o programa, o paciente se familiariza com a conduta aplicada e então há o aumento de carga gradualmente.
Deve-se ressaltar que os exercícios realizados são de baixo impacto e com grande controle do progresso, dando preferência aos exercícios que exigem trabalho de coordenação respiratória, como os exercícios aeróbios.
Realizar uma avaliação prévia com um profissional capacitado é de extrema importância, pois será a partir da avaliação que a conduta de exercícios a ser realizada será traçada.

Veja também:
Fases de um programa de reabilitação cardiovascular
O perfil da fisioterapia cardiovascular no Brasil
Atendimentos Particulares – Reabilitação Cardíaca

Anúncios
Esse post foi publicado em Atividade Física, Qualidade de Vida, Reabilitação e marcado , , . Guardar link permanente.

5 respostas para Reabilitação Cardíaca – qual a sua finalidade?

  1. Pingback: Implante cardíaco emite alerta para prevenção de ataques | Reabilitação, Tecnologia em Ciência e Qualidade de Vida

  2. Pingback: O perfil da fisioterapia na reabilitação cardiovascular no Brasil | Reabilitação, Tecnologia em Ciência e Qualidade de Vida

  3. Pingback: Fases de um Programa de Reabilitação Cardiovascular | Reabilitação, Tecnologia em Ciência e Qualidade de Vida

  4. Michelle disse:

    Onde eu encontro especializações nessa área?

    Curtir

    • Oi Michelle,
      As 2 universidades que recomendo a especilização são a UNIFESP e a UGF, porém, depende em que nível quer atuar, porque a UNIFESP tem ênfase nas fases 1 e 2, que são intra-hospitalers; já a UGF, tem ênfase nas fases 3 e 4, para atividade física.

      Abraços,
      Virgínia Helena.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s