Por que não precisamos pensar para respirar?

A respiração de todos os mamíferos é pulmonar, e se dá de forma involuntária. O bulbo, estrutura localizada na parte posterior do sistema nervoso, é a estrutura responsável pela involuntariedade de nossa respiração. Ele controla a movimentação do diafragma, músculo principal da respiração. Quando o diafragma se movimenta, permite que os pulmões se encham de ar, e depois, ao relaxar, o pulmão elimina o gás carbônico provindo do corpo. Quando o bulbo percebe que no nosso organismo a concentração de
CO2 (gás carbônico) está aumentada, imediatamente ativa o diafragma.

Mas como o bulbo percebe a diferença na concentração de CO2? Quando aumenta a concentração do CO2, há a formação de ácido carbônico (água + CO2), que reduz o pH do sangue e forma o bicarbonato (HCO3). É a formação do bicarbonato que estimula o bulbo a mandar informações diretamente ao diafragma.

E o que faz o ar entrar nos pulmões se o indivíduo nem percebe que está respirando? A diferença de pressão entre o meio exterior e os pulmões faz com que os pulmões se deixem insuflar para receber o ar que está do lado de fora, como se os pulmões fossem capaz de puxar o ar para dentro. Quando o ar entra, é rico em O2 (oxigênio), e ao entrar em contato com os alvéolos, estruturas localizadas nos pulmões responsáveis pelas trocas gasosas,

imediatamente penetra nos capilares e é transportado pelo sangue por meio de uma proteína denominada hemoglobina. A hemoglobina leva o O2 pelo sangue para todos os tecidos do corpo, e o sangue pega o CO2 dos tecidos, levando-o de volta para os pulmões onde então é expirado. Mas ainda há outras duas formas do CO2 ser transportado até o pulmão, que é na forma de dissolução no plasma (cerca de 9% apenas) e na forma de HCO3, sendo essa forma na realidade, a principal forma de transporte do CO2.

Esse post foi publicado em Curiosidades, Entendendo o Corpo, Neurociência e marcado , , . Guardar link permanente.

3 respostas para Por que não precisamos pensar para respirar?

  1. Pingback: 11 Day Diet

  2. fátima disse:

    oi dra., to lendo tudo e to gostando bastante. uma idéia bacana escrever pra pessoas q naum entendem mto bem do tema.

    Curtir

  3. Olívia Ramos disse:

    seu blog é bem interessante. achei numa busca aleatória do google mas agora já tá nos favoritos. vou ler sempre.

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s