Xerostomia: um simples significado, mas quase nunca comentado

A xerostomia é um nome rebuscado para conceituar a ausência ou diminuição de saliva. Porém, as consequências geradas pelo problema não são tão simples. Há várias causas para a deficiência da produção de saliva, por exemplo: ingestão inadequada de líquidos, fumo excessivo, respiração bucal crônica, algumas doenças, uso de medicamentos anti-depressivos, má higiene bucal e outros. Mas o fator prevalente é o envelhecimento, que, com o passar do tempo, o organismo diminui a capacidade de produzir saliva.

Além de desconfortos como sensação de boca seca e mau hálito, a xerostomia causa danos graves no indivíduo, levando à perda dos dentes, grande aumento no surgimento de cáries, facilidade para infecções, complicações periodontais e incômodo no uso de aparelhos protéticos. A incidência da alteração na produção de saliva acontece tanto em homens quanto em mulheres, porém o público feminino pode sofrer com o problema antes da fase da terceira idade. A partir dos 40 anos, por causa da menopausa, a mulher já pode apresentar sinais de xerostomia.

As estruturas anatômicas responsáveis pela produção e secreção da saliva são as glândulas salivares e estão divididas em dois grupos distintos. As glândulas salivares maiores ( paródita, sub-mandibular e sub-lingual ) e as menores, que estão dispersas por toda a cavidade bucal e podem ser classificadas funcionalmente pelo seu produto de secreção ( serosa, mucosa ou mista ). O volume de secreção salivar diário é de aproximadamente 1,5 litros por dia.

Como consequência da xerostomia, é possível desencadear uma série de fatores que culminam em perda do paladar, diminuição da sensibilidade bucal, como alteração de sensibilidade às diferentes temperaturas e texturas, bem como dificuldade ara deglutir alimentos. É recomendado que o paciente visite seu dentista regularmente, sobretudo na terceira idade.

Especialistas no assunto apontam que a droga denominada cevimelina, recentemente aprovada pelo FDA, é um silagogo que possui a capacidade de incrementar o fluxo salivar. Mas que, por tratar-se de um medicamento com pouco tempo de utilização clínica, requer ainda maiores estudos para se determinar com segurança à dose terapêutica, bem como seus efeitos colaterais.

Esse post foi publicado em Curiosidades, Entendendo o Corpo, Terceira Idade e marcado , , , . Guardar link permanente.

4 respostas para Xerostomia: um simples significado, mas quase nunca comentado

  1. cesar augustus martins disse:

    Uma explicação rapida

    http://www.bocaseca.com.br/

    Curtir

  2. cesar augustus martins disse:

    Ola colegas cuidadores da saúde.

    Tenho uma observação a fazer. Deem uma pesquisada nas fontes e artigos recentes para desmistificar o termo xerostomia, pois existe uma controversa entre xerostomia e hiposalivação,

    Existem trabalhos que tratam a xerostomia como hiposalivação, e nesse caso ela se encaixaria exatamente na descrição feita nesse artigo, porém há uma outra definição que caracteriza a xerostomia como a sensação de boca seca associada ou não a redução da salivação.

    Não tenho nenhum artigo em mãos para acrescentar a esse comentario porém porém sei que em testes de fluxo salivar nem sempre um paciente que relata sintomas de xerostomia apresenta fluxo salivar reduzido.

    Outra questão que é muito relevante e deve ser lembrada é o fato de que os pacientes da terceira idade tem sintomas de xerostomia muito mais pelo uso dos muitos madicamentos que influenciam no fluxo salivar do que apenas pela propria idade. Qual paciente acima dos 60 anos na atualidade não toma pelo menos um antihipertensivo e um omeprazol para reduzir os efeitos do trato digestivo, porém a boca é a entrada do trato digestivo e nem sempre é lembrada por tal função.

    Dr. Cesar Augustus Martins
    cirurgião dentista

    Curtir

  3. Nicole Landingin disse:

    Hello!

    I am a dental hygiene student from Vancouver Community College in Vancouver, BC, Canada. I would please like permission to use your image of the mouth and cracked tongue as part of a project we are doing. The image will be shown to other dental images as well as my colleagues in a presentation on Xerostomia. Please let me know in writing if I have permission to do so.

    Thank you very much,
    Nicole

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s