Bicicletas de bambu – agora em São Paulo

As bicicletas de bambu, criadas pelo designer industrial Flávio Deslandes, estão circulando pela cidade de São Paulo desde junho de 2012,  através do programa Escolas de Bicicleta (grupos de ciclistas urbanos), criado pela Secretaria Municipal de Educação, coordenada por Daniel Guth, membro do CEU Jardim Paulistano.

As bikes visam a alternativa de um transporte sustentável, com a intenção de fazer diferença na educação de jovens, que estão aprendendo como montar uma bicicleta e também sobre transporte.

Dentro da escola eles têm paraciclos para o estacionamento das bikes e monitores treinados pela secretaria e pelo Instituto Para Vital, que atuam diretamente com os alunos nos CEUs.

Um aluno que faça parte do projeto Escolas de Bicicleta tem lições sobre legislação de trânsito, transporte sustentável, estilos e modalidades de bicicletas, oficina de mecânica e montagem, educação ambiental e até orientações sobre liderança e medição de conflitos.  Até mesmo a criança que nunca andou de bicicleta pode se tornar um aluno-ciclista.

Os principais critérios para a escolha dos jovens são: ser aluno da escola de ensino fundamental do CEU; ter prioritariamente entre 12 e 14 anos; morar em torno da ciclo-rota indicada e ter o consentimento dos pais.

O objetivo do projeto é promover o retorno das bicicletas, pela saúde das crianças e para transformar as comunidades em lugares melhores para se viver, com segurança e conscientização. A expectativa é que até dezembro desse ano, 4,6 mil alunos-ciclistas estejam fazendo o trajeto casa – CEU – casa com as bikes de bambu.

Esse post foi publicado em Acessibilidade, Políticas Públicas e marcado , , . Guardar link permanente.

2 respostas para Bicicletas de bambu – agora em São Paulo

  1. nelson almeida de matos disse:

    como posso comprar uma bicicleta de bambu.

    Curtir

    • fernando raies disse:

      Gostaria de ter uma, bem praia, ou idoso aposentado por doença crônica. Quanto daria pra fazer uma bem simples sem marchas e só com freio traseiro ou no pedal.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s