Neuroplasticidade e treino por repetição: 2 segredos para a Fisioterapia no AVC

Dois ingredientes essenciais para o programa de reabilitação física após o AVC são a neuroplasticidade e o treino por repetição.

Quanto mais repetimos a mesma tarefa, mais fácil ela se torna. E isso ocorre pelo fenômeno da plasticidade cerebral, que falaremos a seguir!

1. Neuroplasticidade é a melhor maneira de se obter resultados

O fenômeno da plasticidade cerebral ocorre em todos as pessoas, sem exceção. É como o cérebro lida com o novo mecanismo de aprendizagem após uma lesão, gerando novas conexões neurais e memórias motoras.

Por exemplo, após sofrer um AVC, o paciente pode perder ou limitar o movimento de Screen Shot 2018-01-03 at 11.53.33 AMuma das pernas de acordo com a região do cérebro que sofreu o derrame. Sendo assim, a  maneira de se conseguir mover a perna novamente é um re-arranjo que ocorre no cérebro para se adaptar à nova condição, e esse re-arranjo é a plasticidade.

Mas como ativar a plasticidade cerebral?

2. O treino por repetição é a maneira mais rápida de ativar a neuroplasticidade e melhorar a sua condição física

A resposta é o treino por repetição.

Quanto mais o paciente repetir determinada tarefa, de acordo com os seus objetivos, mais rápido e efetivo será o processo de reabilitação.

A repetição aumenta o desempenho e fortalece conexões neurais para a criação de novos padrões de movimento.

 

 

Anúncios
Esse post foi publicado em Entendendo o Corpo, Qualidade de Vida, Reabilitação, Uncategorized e marcado , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s