Farmácia Popular amplia cobertura de fraldas geriátricas a deficientes

Até então, a distribuição do produto pelo programa para incontinência urinária só era permitida a pessoas com pelo menos 60 anos de idade

Divulgação/Ministério da Saúde

Para fazer a retirada, o paciente deve apresentar prescrição e laudo ou atestado médico que indique a necessidade do uso da fralda. No caso de pessoas com deficiência, é preciso constar, no documento, a respectiva Classificação Internacional de Doenças (CID). A portaria entra em vigor nesta segunda-feira.

MAIS SOBRE O ASSUNTO:

Anúncios
Esse post foi publicado em Acessibilidade, Políticas Públicas, Qualidade de Vida, Reabilitação, Uncategorized e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s